Kim Kardashian

Kim Kardashian está entre as vítimas de violação de privacidade

Apesar de todo cuidado da família Kardashian ao falar de North West, algumas informações sobre a primeira herdeira de Kim Kardashian e Kanye West acabaram vazando contra a vontade dos pais.

Siga o E! Online Brasil no Twitter

Agora, o E! News confirma que seis pessoas foram demitidas do Hospital Cedars-Sinai, onde Nori nasceu, devido à violação de privacidade envolvendo prontuários médicos de 14 pacientes, que foram "acessados inapropriadamente" entre 18 e 24 de junho.

LEIA MAIS: Khloé pede que Kim Kardashian "saia do esconderijo"

Apesar de Kim ter dado à luz no dia 15, a estrela do E! passou cerca de uma semana internada, já que a pequena North West precisou ficar na incubadora devido ao nascimento prematuro.

Segundo o TMZ, Kim já foi notificada pelo hospital por ter sido uma das vítimas da falha de segurança.

CONHEÇA O SITE ESPECIAL DAS KARDASHIANS: FOTOS, NOTÍCIAS E MUITO MAIS!

Uma fonte do site afirma que a família Kardashian estava suspeitando de vazamento de informações do hospital depois de algumas notícias serem publicadas contendo informações sobre o nascimento de North.

Leve o E! Online Brasil no bolso! Baixe o aplicativo do E! na Apple Store, Google Play ou Blackberry App World

De acordo com o E! News, os seis envolvidos foram banidos permanentemente do hospital e não poderão ter acesso aos prontuários, mesmo se precisarem deles para tratar pacientes de outras instituições.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.