Ikaro Kadoshi, Instagram

Instagram/@ikarokadoshi

A nossa estrela, Ikaro Kadoshi, continua brilhando cada vez mais!

Nessa quarta-feira, 26, uma das apresentadoras do programa Drag Me As a Queen foi convidada para ser a Mestre de Cerimônias do 16º Seminário LGBTI do Congresso Nacional em Brasília! Vale dizer que ela também fez um discurso de arrepiar por lá?

Primeiramente, Ikaro relembrou suas próprias experiências de vida para apontar o quanto é importante discutirmos e nos informarmos sobre as questões envolvendo a comunidade GBTQIA+.

"Eu venho de uma família não convencional. De uma mãe que me criou sozinha. De sofrer bullying. De ouvir de um padre aos 13 anos que eu não precisava voltar a uma igreja por não ter mais salvação. De ter sido exorcizado. Levado a uma terapia de cura psicológica", disse Ikaro. "Perdi amigos, minha família virou as costas para mim e eu sofri mil invalidações sobre minhas capacidades humanas por causa da minha sexualidade".

Ainda assim, ele afirmou que nunca deixou isso lhe derrubar: "O Deus que eu creio me deu forças para levantar todos os dias e me ensinou a tirar o melhor da vida".

Kadoshi também comentou sobre o quanto a comunidade sofre em nosso país, que é um dos que mais matam pessoas LGBTQIA+ do mundo. "Em um país no qual se mata um dos meus a cada 16 horas por crime de ódio, estar aqui vivo e falando é motivo de bênção", comentou ela. "O mesmo eu não posso dizer dos milhares que morreram e tiveram suas vozes caladas. Eles poderiam estar aqui no meu lugar, contando histórias diferentes das minhas, mas de igual valor".

"Por isso, hoje não falo só por mim, mas por cada vida ceifada de sua plenitude, memórias e conquistas", afirmou a drag.

Ikaro Kadoshi, Instagram

Instagram/@ikarokadoshi

Ikaro apontou que o respeito com a vida e os direitos do próximo deveria ser algo natural, que não precisa nem ser ensinado: "A garantia da vida de qualquer pessoa deveria estar no cerne da criação do ser humano através dos pilares que o sustenta: a educação, a família, a religião e a sociedade. Mas se é através de leis que o humano aprende, que seja feito assim".

No fim, a nossa apresentadora também mandou um recado para quem estiver sofrendo qualquer tipo de preconceito por ser quem é. "Ame-se, se aceite, seja pleno e exija respeito com o seu existir. Eleve seu coração à Deus (que sabe de todas as coisas) e aprenda com a sua dor, pois ela muitas vezes é a nossa melhor amiga" disse Ikaro. "Seja você o amor que falta no mundo".

"Ninguém mais solta a mão de ninguém. Sozinho nunca mais", concluiu Ikaro. Como não se emocionar?

Assista ao vídeo abaixo:

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.