Lary, Instagram

Instagram/@lary

Lary é o nome que o Brasil precisa ficar de olho! Aos 24 anos e com três anos de carreira, Lary já fez parcerias com Negra Li e Valesca Popozuda e já emplacou uma música em uma novela global.

Em entrevista exclusiva ao E! Online Brasil, essa estrela em ascensão, que deixou a carreira de Engenheira de Produção, revela como a música falou mais alto em sua vida e os planos para o futuro.

"Eu cursei a faculdade e até estagiava, mas confesso que nem gostava muito!", diz Lary, que chegou a se formar no curso. "Foi no finalzinho que eu decidi não ter mais a música como um hobby. Meus amigos me chamavam pra cantar e foi aí que surgiu o interesse de levar a música como um trabalho".

No final de 2015, a cantora lançou seu primeiro trabalho profissional, um EP com três músicas, produzidas por Rick Bonadio. "Meu nome artístico era Laryssa Goulart e era uma pegada bem mais romântica, uma sonoridade mais romântica", revela ela, que, no ano seguinte, decidiu amadurecer seu estilo musical.

"Eu fui trabalhando uma mudança de estilo, porque eu vi que queria algo mais pop e dançante. Foi no final de 2016, já como Lary, que eu lancei meu primeiro, ‘Match', que fala sobre internet e um cara que curte minhas fotos. Foi a minha entrada no pop", explica Lary, que, desde então, deslanchou na música.

A cantora lançou a música Salto 15, a primeira trabalhada nas rádios de todo o Brasil. "Entrou como tema da [personagem] Bibi Perigosa, na novela A Força do Querer [da Globo] e me trouxe vários frutos muito legais, ganhei muito mais reconhecimento. Foi uma música muito marcante na minha carreira!".

Com isso, Lary liberou outras canções, incluindo as parcerias com Negra Li, Valesca Popozuda e Aretuza Lovi, Se Joga e De Levin, respectivamente.

"Gravar com a Negra Li foi muito especial, porque foi a minha primeira música com participação. Então, foi um momento muito marcante, ainda mais pela música", explica a estrela. "Eu comecei a escrever ‘Se Joga' com a minha irmã, foi no ano passado. É uma música que mexe muito comigo. As mulheres de qualquer idade se identifica com essa música".

Ela conta que sua outra parceria, com Valesca e Aretuza, tem uma pegada mais divertida. "É uma música bem dançante, bem verão. A gente quis trazer uma mensagem bacana no clipe, sobre auto-aceitação, sobre o que a gente fazer o que tem vontade. Elas embarcaram na ideia junto comigo".

Lary, Instagram

Instagram/@lary

Sua mais nova aposta é Cositas Más, com um ritmo latino e em parceria com Menor. A aposta latina, aliás, pretende ficar um tempinho na carreira dela.

"Eu acho que o pop é muito abrangente. Ele nos permite ir a vários gêneros. Eu gosto muito dessa pegada latina e acredito que eu vá fazer mais músicas assim. Eu gosto muito de reggaeton, faz parte do meu dia a dia".

Lary admira muito Marisa Monte e Elis Regina, mas sua maior inspiração musical é Ivete Sangalo. "A minha maior no Brasil é a Ivete. Ela é uma inspiração pra mim pela artista completa que ela é, pelo carisma, pela forma que ela construiu a carreira dela. Ela é uma grande referência pra mim".

Além disso, ela sonha em fazer parceria com a dona da Bahia inteira e até com a Dua Lipa! Quem sabe os planos para 2019 não a levam para seus sonhos?

"Eu estou preparando coisas diferentes do que eu já lancei. Músicas com uma pega mais R&B. Eu tenho sentado muito pra escrever, eu procuro lançar todas as músicas que eu lanço. Todas que eu lancei até hoje fui eu que escrevi. Então, elas são sobre a minha verdade, tudo o que estou vivendo naquele momento. Eu estou passando por um momento onde estou me redescobrindo, um lado diferente. Vai ser uma mistura boa que está vindo aí".

Sucesso, Lary!

Criador de Celebridades: Toda quinta-feira, a partir as 20h. Só no E!

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.