Samantha Cohen, Meghan Markle Aide, Queen Elizabeth

Max Mumby/Indigo/Getty Images

A nova assistente de Meghan Markle, Samantha Cohen, anunciou que não manterá o seu trabalho permanentemente e "deixou claro que pretende sair assim que o bebê de Meghan nascer", segundo o jornal Sunday Times. De acordo com a publicação, a Duquesa de Sussex é uma chefe "difícil".

Cohen é da Austrália, trabalhou para a família real por 17 anos e era a secretária pessoal da Rainha Elizabeth II. Ela aceitou trabalhar temporariamente para Meghan e Harry com o intuito de ajudar a atriz em sua transição para a vida real. Apesar de Markle querer Samantha como assistente permanente, a ex-secretária negou a proposta e topou ficar por seis meses.

A menos de um mês, a outra assistente de Meghan, Melissa Touabti, também se demitiu. Ela teve um papel importante na organização do casamento real, mas há rumores de que sua relação com a duquesa não era muito boa.

Em novembro, uma fonte do Daily Mail afirmou que Meghan normalmente começa o seu dia às 5 da manhã e manda mensagens para a equipe da família real com ideias e pedidos de seis a sete vezes por dia. "Meghan precisa de alguém com muita energia e paciência para ajudar ela a definir seu futuro papel", comentou a fonte.

Samantha Cohen, Meghan Markle Aide

Max Mumby/Getty Images

Criador de Celebridades: Toda quinta-feira, a partir as 20h. Só no E!

  • Share
  • Tweet

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.