Fernanda Lima, Rodrigo Hilbert, Eduardo Costa

Raphael Castello/AgNews; Instagram/@eduardocosta

Rodrigo Hilbert saiu em defesa de Fernanda Lima, após a esposa sofrer ataques do sertanejo Eduardo Costa. Fernanda se tornou alvo de críticas na internet depois que seu programa Amor e Sexo foi ao ar na rede Globo nessa terça-feira, 6.

Como resposta, Rodrigo postou uma foto da amada com a frase: "Mais amor". Na legenda, ele escreveu: "O amor que tenho pra você é maior que todo ódio do mundo".

Para quem não acompanhou o embate, durante a atração global, Fernanda fez um discurso contra o conservadorismo e machismo. "Chamam de louca a mulher que desafia as regras e não se conforma. Chamam de louca a mulher cheia de erotismo, de vida e de tesão. Chamam de louca a mulher que resiste e não desiste. Chamam de louca a mulher que diz sim e a mulher que diz não. Não importa o que façamos nos chamam de louca. Se levamos a fama, vamos sim deitar na cama. Vamos sabotar as engrenagens desse sistema de opressão. Vamos sabotar as engrenagens desse sistema homofóbico, racista, patriarcal, machista e misógino. Vamos jogar na fogueira as camisas de força da submissão, da tirania e da repressão. Vamos libertar todas nós e todos vocês. Nossa luta está apenas começando. Prepare-se porque essa revolução não tem volta. Bora sabotar tudo isso?".

Em seguida muitos internautas se revoltaram com a mensagem do programa, incluindo o cantor Eduardo Costa, que ameaçou a apresentadora e a chamou de "imbecil".

"Mais de 60 milhões de brasileiros e brasileiras votaram no Bolsonaro e agora essa imbecil com esse discurso de esquerdista! Ela pode ter certeza de uma coisa, a mamata vai acabar, a corda sempre arrebenta pro lado mais fraco e o lado mais fraco hoje é o que ela está. Será que essa senhora só faz programa pra maconheiro, pra bandido, pra esquerdista derrotado, e pra esses projetos de artista assim como ela?", escreveu ele no Instagram. 

Através do Instagram, Fernanda se pronunciou e revelou que o programa foi gravado em julho.

"Nossa equipe está muito feliz com os debates que o programa #mulher tem gerado, pois a nossa motivação é provocar reflexões sobre o papel da mulher na sociedade e como podemos desconstruir as estruturas machistas, homofóbicas e racistas que aprisionam as mulheres e homens. O amor cura", escreveu ela. Veja o texto completo abaixo:

Veja abaixo nossa galeria com Os famosos na marcha do Orgulho LGBT 2018 de Nova York:

Brandon Flynn, Pride Parade

Instagram

Ashley Benson, Pride

Instagram

Kevin McHale, Pride Parade

Instagram

Pride Parade

Instagram

Nico Tortorella, Pride

Instagram

Frankie J Grande, Pride Parade

Instagram

Andy Mientus, Pride Parade

Instagram

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.