Dua Lipa

Simone Joyner/Getty Images

Dua Lipa, que lançou parceria com Calvin Harris, passou por momento difícil nessa quarta-feira, 12. Dua chorou ao ver fãs serem retirados da plateia em seu show em Xangai, na China.

Em vídeo é possível ver policiais tirando fãs à força de seus lugares por levantarem e dançarem e mostrarem bandeiras da comunidade LGBTQ. Apesar da homossexualidade não ser ilegal na China, que foi discriminalizada em 1997, a censura está sendo crescente desde que Xi Jinping chegou ao poder em novembro de 2012.

Visivelmente abalada, a cantora foi às lágrimas ao dizer: "Eu quero criar um ambiente realmente seguro para todos nós nos divertirmos... Eu quero que todos dancem. Quero que todos cantem. Eu quero que todos tenham uma ótima noite".

Através de seu Instagram, Dua escreveu comunicado sobre o terrível incidente.

"Na última noite eu fiz para meus fãs. Um show prometido. Eu fiquei com eles, cantei com eles. Eu estou do lado de vocês por todos seu amor e crenças e estou orgulhosa e grata que vocês se sentiram seguros o bastante para mostrar seu orgulho em meu show. O que vocês fizeram foi muito corajoso. Eu sempre quero que minha música traga força, esperança e união. Eu fiquei horrorizada com o que aconteceu e mando amor a todos os meus fãs envolvidos. Eu amaria voltar pelos meus fãs quando for a hora certa e espero ver uma sala cheia de arco-íris. Eu te amo Xangai", escreveu ela.

Assista ao vídeo abaixo:

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.