Jennifer Aniston fala sobre gravidez: "Talvez meu propósito no planeta não seja procriar"

Em entrevista à revista InStyle, a atriz fez revelações sobre sua vida e carreira
por Zach Johnson | Traduzido Por Miriam Kaibara | 01 ago, 2018 16:38Tags
Jennifer Aniston, InStyleBen Hassett/InStyle

Jennifer Aniston, que tem grupo no Whatsapp com atrizes de Friends, fez revelações em entrevista à revista InStyle de setembro. Jennifer foi entrevistada por sua amiga Molly McNearney e falou sobre a pressão que as mulheres sofrem para engravidar e revelou: "Talvez meu propósito no planeta não seja procriar."

Com muito bom humor, Molly começa com perguntas provocadoras: "Quando você vai voltar com Brad Pitt? Justin já usou sua calça jeans? E pra quando são os gêmeos," brincou ela.

Você é a única pessoa que pode começar a entrevista dessa forma e me provocar uma histeria, não uma urticária," respondeu Jen.

As perguntas polêmicas feitas por sua amiga, são apenas alguns exemplos do que a atriz enfrenta em seu dia a dia. "Definitivamente há momentos em que não estou equilibrada e estabilizada, mas eu faço isso tudo no meu espaço pessoal. Na maioria das vezes eu posso sentar e rir das manchetes ridículas porque elas se tornaram mais e mais absurdas. Eu acho que elas estão se alimentando de algum tipo de necessidade que o público tem, mas eu me concentro no meu trabalho, meus amigos, meus animais, e como podemos fazer do mundo um lugar melhor."

leia também
Jennifer Aniston e Courteney Cox fazem reunião de Friends

Questionada sobre o "maior equívoco" sobre ela, a atriz revelou: "Cara, há tantos. Vamos ver. Eu só vou no Google e descubro... Olha, eu estou planejando uma transformação de vingança de 100 mil dólares! Os equívocos são, 'Jen não pode manter um homem' e 'Jen se recusa a ter um bebê porque é egoísta e comprometida com sua carreira.' Ou que eu estou triste e com o coração partido. Primeiro lugar, com todo o respeito, eu não estou de coração partido. E segundo, essas são suposições imprudentes. Ninguém sabe o que está acontecendo a portas fechadas. Ninguém considera o quão sensível isso pode ser pra mim e para meu parceiro, eles não sabem do que eu passei, medicamente ou emocionalmente, há uma pressão sobre as mulheres para serem mães, e se elas não são, então elas são consideradas bens danificados, talvez meu propósito neste planeta não seja procriar. Talvez eu tenha outras coisas que eu deveria fazer?"

E mostrando que se sente insegura como qualquer pessoa, a estrela contou que já pensou em largar tudo: "Houve momentos em que eu adoraria fugir ir para a Suíça - ou algum outro lugar - e começar de novo. E essa mer** atrás de mim. Isso realmente importa? Estamos realmente fazendo alguma coisa? Qual é o propósito da minha vida? A cada sete anos eu tento resumir o que estou fazendo e o que eu quero fazer, o meu foco. Estou tentando fazer escolhas melhores, passei por um período de dizer sim a projetos que não deveria ter dito, mas me senti tipo, 'como ouso dizer não?'. Agora estou tentando melhorar em dizer não e fazer parte de projetos que realmente importam como à la Dumplin ou The Goree Girls ou outro filme no qual estamos trabalhando chamado The Fixer, sobre uma incrível gerente de crises chamada Denise White."

Criador de Celebridades: Toda quinta-feira, a partir as 20h. Só no E!