Zayn Malik

Splash News

Não estranhe se Zayn Malik deixar a música pela política!

Em entrevista à nova edição da revista GQ, Zayn, que não quer rotular o seu relacionamento com Gigi Hadid, contou que está muito satisfeito com os norte-americanos e até acredita na possibilidade de alguns votarem nele para cargos públicos nos Estados Unidos.

"Aqui, cor, gênero, sexualidade, classe não importam, nada disso importa aqui. As pessoas querem conhecer você genuinamente pelo que você é. Essa deveria ser a imagem dos Estados Unidos ao redor do mundo", relatou o cantor britânico, que reside entre a Califórnia e Nova York.

Ao ser questionado sobre concorrer a um cargo público, Zayn disse "talvez. Seria ótimo. Sinto que é um lugar bonito".

Ele, que ganhou fama mundial por integrar o One Direction, também é um dos muçulmanos mais proeminentes do mundo pop.

No entanto, a sua chegada ao Estados Unidos coincidiu com a presidência de Donald Trump, que proibiu a entrada de muçulmanos no país.

"É assim que eu me sinto sobre isso: é um lugar bonito e um belo momento para estar vivo", disse ele, sobre essa tensão política.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.