Thomas Markle

YouTube

O pai de Meghan Markle, Thomas Markle, fez revelações em entrevista. Nesta segunda-feira, 18, Thomas participou do programa Good Morning Britain e contou que Meghan ficou muito triste ao saber que ele não iria comparecer ao seu casamento com príncipe Harry.

Após sofrer um ataque no coração, Thomas não pôde levar sua filha ao altar e admitiu que o escândalo com os pararazzi piorou sua condição. "A verdade é que eu não conseguia superar o que aconteceu. Todas essas coisas estavam acontecendo comigo. Eu tive um problema no coração. Isso piorou e me levou a um ponto em que eu tinha palpitações", disse ele.

Após se estabilizar no hospital, ele queria estar no grande dia com sua filha, mas após alguns dias se sentindo bem ele começou a ter palpitações novamente e voltou a sentir dores, levando-o a passar por uma cirurgia no coração. "Os médicos disseram, 'Isso é o que os doutores chamam de criadores de viúvas'. Poderia ter me matado", revelou ele.

O pai de Meghan ainda disse que a filha "chorou" quando ele contou que não poderia estar no casamento, antes de entrar em cirurgia, mas que foi encorajado por ela e Harry a se recuperar.

Na ausência de Thomas, Príncipe Charles levou Meghan ao altar, e ele disse que se sentiu honrado. "Eu não posso pensar em uma melhor substituição. Ele estava muito bonito e minha filha estava linda com ele. Eu fiquei com ciúmes. Eu queria estar lá. Mas graças a Deus ele estava lá e o agradeço por isso", desabafou ele.

E assim como milhões de pessoas no mundo, ele assistiu ao casamento pela TV. "Ela estava linda. Foi incrível vê-la. Eu chorei um pouco. Ela estava tão linda no altar, tão orgulhosa e tão bonita. Eu fiquei muito orgulhoso. Eu não poderia assistir a um momento melhor do que esse. Eu estava muito chateado por não ter sido eu, mas o mundo todo assistiu minha filha. Eu estava feliz por isso".

Apesar disso, Thomas não esconde sua frustração: "Eu sou uma nota de rodapé em um dos momentos mais importantes da história, ao invés de ter levado minha filha ao altar. Então isso me chateia às vezes", admitiu. "Eu me arrependo porque eu realmente queria levar minha filha ao altar. Eu queria aquele momento. Mas estou agradecido pela forma como tudo aconteceu", disse ele.

Já sobre o escândalo dos paparazzi, em que armou fotos experimentando roupas para o casamento e lendo um livro sobre o Reino Unido em uma cafeteria, ele contou: "Eles tiraram todas aquelas fotos de mim e me fizeram parecer negativo. Então eu pensei em uma boa forma de improvisar meu visual. Bem, obviamente tudo deu errado. Eu me senti mal. Eu me desculpei por isso e é tudo o que eu posso fazer. Foi um erro", disse ele.

Thomas contou que Meghan e Harry "o perdoaram" quando ele ligou para se desculpar e que a conversao não foi "difícil". Ele também revelou que Meghan ainda queria que ele a levasse ao altar. Depois disso, ele contou que tudo, desde a organização da viagem até seu traje da cerimônia estavam confirmados.

E quando o assunto é o futuro dos recém-casados, o pai da atriz disse que já "quer netos há um longo tempo".

"Quando ela conheceu Harry me falou sobre o quanto o ama, vai haver uma hora em que filhos estarão nos planos", disse ele.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.