Bruna Marquezine

Cassia Tabatini/Glamour Brasil

Bruna Marquezine não tem papas na língua! Após ela revelar que roubou um beijo de Neymar no primeiro encontro, Bruna rebateu a matéria de um colunista do UOL que afirma que a atriz está se distanciando da carreira para ficar mais ao lado do jogador. Babado!

VERSACE POSTA FOTO DE LOOK USADO POR BRUNA MARQUEZINE

"Posso, sim, conciliar meu trabalho e minha vida pessoal, assim como tanta gente faz. Parem de me enxergar como alguém menor porque sou mulher e deveria ‘escolher acompanhar o meu parceiro", disse Bruna afirmando que a matéria é machista.

BRUNA MARQUEZINE DIZ QUE NÃO TEM PRESSA DE MORAR JUNTO COM NEYMAR

Na publicação, também foi citado que a atriz pediu licença do trabalho para ver os jogos de Neymar na Rússia. "Eu nem cheguei a solicitar datas exatas à minha produção ainda, então realmente não sei a origem dessa informação – mas pretendo. E, de qualquer forma, minha equipe, que é muito generosa e sempre tenta ajudar e administrar da melhor maneira esse tipo de pedido/ocasião para todos do elenco, já está ciente do meu desejo de acompanhar apenas um pouco um momento especial para alguém tão importante para mim", comentou a atriz desmentindo a informação.

CAROL DANTAS FALA DA RELAÇÃO DO FILHO COM BRUNA MARQUEZINE E NEYMAR

No fim, a atriz concluiu: "Sou humana, sou falível e acho que ser de verdade é um ato de resistência em um mundo que é cada vez mais de mentira. E também não me sentiria bem diante da minha equipe se fizesse isso. Sou muito jovem, eu sei, mas desde muito pequena aprendi a respeitar meu ofício e o de todos aqueles que trabalham comigo. Tenho direito de ser respeitada pessoal e profissionalmente".

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.