Angelina Jolie, Brad Pitt

Getty Images

Brad Pitt e Angelina Jolie não passam por um bom momento quase dois anos após darem entrada em divórcio! De acordo com fonte do E!, Brad e Angelina ainda não chegaram a um acordo sobre a custódia dos seis filhos Maddox, Pax, Zahara, Shiloh, Knox e Vivienne.

"O último problema aconteceu porque Angelina quer filmar na Europa por meses e levar todos os seis filhos durante toda a gravação. Brad não concorda com isso e está evitando que isso aconteça. Ele vai filmar em Los Angeles no verão e quer ver as crianças em sua agenda regular de custódia", contou a fonte.

"Ele não concorda que os filhos fiquem longe por meses. Ele sente que Los Angeles é o lar deles, portanto o melhor lugar para os herdeiros", disse a fonte. Apesar disso, Angelina, que está "furiosa" com a situação, já viajou bastante com as crianças neste ano, levando Shiloh e Zahara para um campo de refugiados em janeiro e fazendo uma viagem à França e a Inglaterra com todos os filhos no mesmo mês.

"Angelina esteve em Londres e está livre para viajar em curtos períodos. Com Brad acontece a mesma coisa. Mas ela não pode sair com os filhos por vários meses", revelou a fonte.

Em novembro o casal tinha fechado um acordo temporário que determinava que as crianças ficariam aos cuidados de Angelina e que Brad teria direito a visitação "terapêutica". Isso aconteceu logo após o Departamento Federal de Investigação fechar a investigação sobre o incidente de Pitt com os filhos em avião particular.

Em entrevista à GQ em maio de 2017, Brad falou sobre o ocorrido: "Eu estava realmente de costas e acorrentado a um sistema quando o serviço infantil foi chamado. E você sabe, depois disso, nós fomos capazes de trabalhar juntos para resolver isso. Nós dois estamos fazendo o nosso melhor. Eu ouvi um advogado dizer: 'Ninguém vence no tribunal - é só uma questão de quem se machuca mais.' E parece ser verdade, você gasta um ano apenas focado na construção de um caso para provar seu ponto de vista e por que você está certo e porque eles estão errados, e é apenas um investimento em ódio vítrio, eu me recuso. E felizmente minha parceira nisso concorda. É muito, muito chocante para as crianças, de repente terem sua família dilacerada".

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.