Pete Davidson diz que sua doença mental não torna namoro com Ariana Grande tóxico

A estrela do Saturday Night Live revelou sua batalha contra transtorno de personalidade limítrofe
por McKenna Aiello | Traduzido Por Miriam Kaibara | 25 mai, 2018 14:52Tags
Pete Davidson, InstagramAlberto E. Rodriguez/Getty Images

Pete Davidson, que está namorando Ariana Grande, se abriu sobre sua doença mental. Através de post no Instagram, Pete disse que seu transtorno de personalidade limítrofe não torna seu namoro com Ariana tóxico.

"Normalmente eu não comentaria sobre algo como isso porque não dou a mínima. Mas eu tenho escutado uma conversa de que pessoas com TPL não podem estar em um relacionamento. Eu só quero que vocês saibam que isso não é verdade. Só porque alguém tem uma doença mental não significa que elas não possam ser felizes em um namoro. Também não quer dizer que essa pessoa faz a relação ser tóxica", desafabou ele.

leia também
Por que a relação de Ariana Grande e Pete Davidson faz total sentido
Pete Davidson/Instagram

O comediante que passa por tratamento para tratar a doença de Crohn e já batalhou contra o abuso de substâncias, ainda disse que é essencial procurar ajuda profissional. "Eu acho que é f*** estigmatizar as pessoas como loucas e dizer que elas não são capazes de fazer as coisas que qualquer um pode fazer. Não é culpa delas e é errado as pessoas pensarem assim. Eu posso ser louco, mas pelo meno tenho consciência disso e não tenho medo de ser honesto sobre o assunto e não estou me escondendo atrás do Twitter ou do Instagram", revelou ele.

"Eu simplesmente estou escrevendo isso porque quero que todos que possuem uma doença saibam que não é verdade quando as pessoas dizem que isso é prejudicial. Doença mental não é uma brincadeira, é uma coisa real. Há crianças tirando suas vidas. E isso é horrível. Para aqueles que estão na batalha eu quero que você saiba que eu o amo e compreendo e tudo vai ficar bem. Isso é tudo. Amor à todos", finalizou ele.

NBC

O namorado de Ariana já enfrentou uma reabilitação em 2017. "Eu tive probleamas. Esse ano todo foi um pesadelo. Foi o pior ano da minha vida, ser diagnisticado com [transtorno de personalidade limítrofe] e tentar descobrir como aprender com isso e viver com isso", disse ele em entrevista a Marc Maron.

Na mesma época ele estava namorando Cazzie David, filha de Larry David, mas os dois terminaram recentemente: "Eu não sei como ela está comigo ainda. Estar em uma relação com alguém como eu deve ser incrivelmente difícil... mas é sempre emocionante. Há sempre algo novo, com certeza".

fotos
A evolução de Ariana Grande ao longo dos anos