Jennifer Lopez comenta acusações de assédio contra co-fundador da Guess

Jennifer Lopez comenta acusações de assédio contra co-fundador da Guess

por Sally Borges 02 fev, 2018 14:40Tags
Jennifer Lopez, Guess Spring 2018 Campaign RevealDonato Sardella/Getty Images for Guess, Inc.

Entenda o caso!

Jennifer Lopez deu sua opinião sobre as acusações de assédio sexual enfrentadas por Paul Marciano, co-fundador da Guess. Em comunicado ao E! News, Jennifer, que é o novo rosto da grife norte-americana, disse que não suporta qualquer tipo de comportamento inapropriado.

JENNIFER LOPEZ RETORNA À TV EM NOVOS EPISÓDIOS DE WILL & GRACE

"A minha posição sobre essas questões é bem conhecida, assim como eu tenho sido muito vocal sobre elas. Eu não tolero nenhum ato de assédio sexual, violação ou má conduta. Qualquer acusação deve ser completamente e minuciosamente investigada. Continuarei a apoiar os nossos direitos como mulheres", falou ela, um dia depois de celebrar a nova campanha de primavera 2018.

DRAKE CITA JENNIFER LOPEZ EM SUA NOVA MÚSICA DIPLOMATIC IMMUNITY

O comunicado veio após as acusações da ex-modelo da Guess, Kate Upton, fazer várias acusações contra Paul, na última quarta-feira, 31, em seu Twitter. "É decepcionante que a Guess, uma marca de mulheres icônicas, ainda esteja capacitando Paul Marciano como diretor criativo #metoo", escreveu a top, que logo depois mandou outro recado no Instagram.

KIM KARDASHIAN CURTE JANTAR MEXICANO NA MANSÃO DE JENNIFER LOPEZ

"Ele não deve ser autorizado a usar o poder dele para assediar sexualmente e emocionalmente as mulheres", disse a modelo. De acordo com o TMZ, Paul afirma que ele nunca tocou em Kate e muito menos ficou sozinho com ela. Outras mídias também informam que ele está chocado com as acusações e afirma não ter feito nada de errado.