Graziela Gonçalves

Facebook

Saiba o que está rolando!

Nesta sexta-feira, 13, estreia o musical Dias de Luta, Dias de Glória, sobre Chorão e os 20 anos da banda Charlie Brown Jr., em São Paulo. E as polêmicas sobre o espetáculo do músico que morreu há dois anos não param de crescer, pois Graziela Gonçalves, viúva de Chorão, ficou de fora da história, mesmo com os 20 anos de relacionamento com o líder da banda de rock.

MÃE DE CHORÃO CRITICA NETO POR TER TIRADO SUA MESADA

O filho de Chorão, Alexandre Abrão, declarou que Graziela não é retratada no musical por não ter cedido os direitos do uso do nome sem remuneração. No entanto, em entrevista exclusiva ao E! Online Brasil, a estilista contou o motivo de não estar presente na ficção. "Em primeiro lugar, queria deixar claro que não fui procurada para ser consultada sobre ou dar a minha autorização. Perto da data de estreia, quando a história já estava pronta e com data marcada, tivemos acesso ao material. Não gostei da forma como fui tratada, foi ridículo, absurdo e não admito que minha história seja contada de forma tão inverídica. Não aceitei participar porque não era a nossa história. A produção sugeriu que aceitássemos todas as condições do produto, inclusive com o meu personagem sendo retratado daquele jeito", contou ela, que fez questão de enfatizar que não autorizou o uso de seu nome e de seus dados biográficos por questão de cunho moral e não financeira.

Ainda de acordo com Graziela, o roteiro original praticamente não sofreu alterações e os produtores apenas trocaram o nome dela pelo de uma personagem de ficção no espetáculo. "Tenho o roteiro original. Se eles não alteraram isso, vou processar. Propus uma reunião para o roteiro e mudaram apenas o meu nome", explicou. "Não vivi 20 anos ao lado de uma pessoa, com momentos muito bons, mas também com muitos solitários, para ser retratado de uma maneira tão rasa assim. Durante esses anos todos, não tinha ninguém do meu lado. Todo mundo queria apenas que a máquina continuasse rodando e que o dinheiro continuasse a entrar. Éramos só nós", acrescentou.

AS FRASES MARCANTES DE CHORÃO

Sobre a não inserção de sua história ao lado de Chorão, Graziela diz que foi "no mínimo uma falta de respeito e falta de caráter". "Quem está lá sendo retratado não eram pessoas que participavam da minha vida, do meu cotidiano. A gente não era muito de sair, de expor a nossa vida. Quem vinha nos visitar sempre era o pessoal da banda, que, aliás, também não está concordando com isso", avaliou.

CHORÃO TERIA ENVIADO CARTA PARA MEDIUM

A ex-mulher de Chorão ainda disse que o espetáculo não está sendo realizado para contar a história do músico, e sim para atrair retorno financeiro. "Isso é uma manobra caça níquel, uma coisa mal feita. Alexandre podia ter todos os defeitos do mundo, era chamado de maloqueiro por muitos, mas tinha uma noção de honra e de proceder difícil de achar. Ele deve estar muito decepcionado se estiver vendo tudo o que está acontecendo. Pensando melhor, espero que ele não esteja vendo", desabafou ela, que ainda enfatizou que não se trata de uma briga. "Não é nem que estamos brigando. Eles simplesmente tomaram posse de uma história que não é deles".

Nessa semana, durante a pré-estreia para convidados, surgiu a notícia de que Graziela teria ido ao teatro para assistir. Segundo ela, tudo não passou de boato. "Como tem muito boato falando que estou contra, fizeram uma jogada de marketing. Mas vou pedir retratação porque não fui, não iria, não concordo e acho feio o que estão fazendo", concluiu.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.