Zara

Reprodução

Entenda a novidade

Após quase três anos da denúncia de usar trabalho escravo no Brasil, a Zara anunciou que vai adotar medidas para deixar todo processo de produção nacional mais transparente.

Acompanhe Valentina Ferris no Twitter

Segundo o Estadão, João Braga, presidente da marca no Brasil, anunciou um projeto inédito no ramo do varejo. A Zara vai passar a identificar as peças produzidas no Brasil, cerca de 35% do que é vendido nas lojas do país, com uma etiqueta eletrônica, que vai trazer informações sobre os fornecedores (do endereço ao número de funcionários). Para ter acesso aos dados, basta que o cliente tenha um aplicativo de leitura de QR Code em seu smartphone.

Kim Kardashian e Kanye West usam look combinandinho em jantar

Desde 2011, quando foi denunciada, a Zara já investiu cerca de R$ 14 milhões em projetos de responsabilidade social no Brasil, quantia que é mais do que o dobro do que foi investido pela marca nos anos anteriores.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.