Eminem, SNL

Dana Edelson/NBC

Rapper se explicou após polêmica

O novo álbum de Eminem, Marshall Mathers LP 2, acabou de ser lançado, mas já está criando algumas polêmicas. A mais nova delas é que o rapper está sendo acusado de homofobia depois de usar certos termos na música Rap God.

No trecho que despertou a fúria de alguns fãs, Eminem diz: "Garotinho que parece gay / Tão gay que eu nem posso dizer isso parecendo um cara hetero".

Mas, em entrevista à revista Rolling Stone, o rapper tentou explicar o conceito da música para os fãs.

Siga o E! Online Brasil no Twitter

"Eu não sei como dizer isso sem repetir o que já disse milhões de vezes. Mas uso essas palavras em batalhas de rap, nunca realmente pensei nelas", declarou Eminem.

Quando questionado se não queria mesmo dizer "homossexual", o rapper respondeu: "Era mais como chamar alguém de vadia ou punk ou cuz*o. Isso fica voltando na minha cabeça, de ser livre para dizer o que quiser dizer e não me preocupar se vai ou não afetar as pessoas. E sem dizer se isso é certo ou errado, mas nesse ponto da minha carreira, eu digo muita m*rda que não foi pensada".

Leve o E! Online Brasil no bolso! Baixe o aplicativo do E! na Apple Store, Google Play ou Blackberry App World

"Eu tiro sarro das outras pessoas e de mim mesmo. Mas o eu real está sentado aqui falando que não tem problemas com gays, heteros, transexuais. Sou grato por vivermos em um tempo em que as pessoas podem viver suas vidas e se expressarem. E não sei como dizer isso de outra forma, mas ainda me vejo da mesma forma de quando estava lutando e estava quebrado", continuou ele.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.