50 Cent

Al Bello/Getty Images

Advogado de rapper enviou comunicado à imprensa

Na última semana, 50 Cent entrou para o time de Chris Brown, onde rappers agridem suas namoradas. No entanto, nesse domingo, 07, o cantor negou por meio de seu advogado que tenha praticado violência doméstica contra Daphne Joy, sua ex-namorada.

Em comunicado oficial divulgado à imprensa, Scoot Leemon, advogado de Curtis Jackson (nome oficial de 50 Cent), disse: "É importante notas que o Sr. Jackson não foi preso e não há mandado pendente contra ele. Estamos em contato com o escritório da procuradoria de Los Angeles e estamos conduzindo nossa própria investigação a respeito dessas alegações" dizia a carta. No Instagram, o rapper fez piada com as denúncias.

LEIA MAIS: Heidi Klum publica foto de bumbum

George Clooney está solteiro

Com uma foto na piscina, ele escreveu na legenda: "Não estou na cadeira, estou na minha piscina". Já em uma imagem tocando piano, ele disse: "Ok, não estou na cadeira, mas se for para lá vou levar esse piano comigo". Alguns minutos depois, as imagens foram apagadas da conta pessoal de 50 Cent, sem nenhuma explicação.

Apesar da carta alegando que 50 Cent não agrediu sua namorada, Daphne Joy, ele ainda corre o risco de ir preso por cinco anos ou de pagar uma fiança avaliada em cerca de R$ 104 mil. Tudo depende do julgamento que acontecerá no dia 22 de julho.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.