Amanda Bynes, Arrested

NPG

Amigo da atriz afirma que ela estava apenas fingindo

Depois de passar alguns anos longe dos holofotes, Amanda Bynes voltou a aparecer em maio do ano passado, quando se envolveu em um acidente de carro e fugiu da cena do crime.

Siga o E! Online Brasil no Twitter

Depois de alguns meses, a atriz voltou a ter problemas com a justiça e o comportamento dela parece ter só piorado desde então. Basta ver a quantidade de confusões em que a própria já se envolveu recentemente – incluindo ser presa devido à um suposto envolvimento com drogas.

LEIA MAIS: Amanda Bynes provoca Miley Cyrus, mas estrela faz a fina na resposta

Amanda Bynes, Jonathan Jaxson

Twitter / Reprodução

Na madrugada dessa quinta-feira, 13, a atriz teria enviado uma série de mensagens a seu amigo Jonathan Jaxson, afirmando que tudo não se passou de um grande ato para voltar ao centro das atenções.

"Tudo isso tem sido um ato e você sabe! Eu sou uma atriz e sei o que estou fazendo", teria escrito ela em uma das mensagens, que foram publicadas por Jaxson em sua página do Twitter.

"Eu tenho 2 milhões de seguidores e agora todos me querem, eu sou inteligente e não estúpida. Todos falam meu nome, o mundo me ama!", teria escrito na sequência.

LEIA MAIS: Amanda Bynes recebe proposta para gravar álbum de rap

Depois de postar um print screen da conversa em seu Twitter, Jaxson escreveu: "Então @AmandaBynes disse que estava ‘atuando' esse tempo todo no Twitter para receber atenção enquanto se prepara para seu próximo filme! Se você me mandar mensagens dizendo que tudo isso é um ato, eu vou contar para todo mundo. Especialmente quando tanta gente estava preocupada! E isso é tudo por hoje! De volta à realidade, seja lá o que for isso. Parece muito confusa ultimamente".

Amanda Bynes, Jonathan Jaxson

Twitter / Reprodução

Apesar do Radar Online afirmar que foi o porteiro que chamou a polícia na noite em que Bynes foi presa, o Daily Mail afirma que, na verdade, Jaxson foi o responsável.

Leve o E! Online Brasil no bolso! Baixe o aplicativo do E! na Apple Store, Google Play ou Blackberry App World

"Eu chamei a polícia para tentar entrar na casa dela. Eu tinha provas de que ela era suicida. Havia mensagens de texto e outras coisas, eu repeti tudo isso para a polícia e eles levaram a sério", declarou ele na ocasião.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.