Rihanna, Amanda Bynes

Splash News, startraksphoto.com

"Chris Brown te bateu porque você não é bonita o suficiente", disse a atriz

Amanda Bynes mal superou a última confusão em que se meteu e já está arranjando novos problemas.

Siga o E! Online Brasil no Twitter

No domingo, 26, a atriz usou o Twitter para provocar Rihanna, chamando a cantora de "feia" e fazendo uma referência bem clara à agressão de Chris Brown, em 2009.

LEIA MAIS: Amanda Bynes diz que foi agredida sexualmente por policial

Aparentemente, sem nenhum motivo para isso.

Amanda Bynes Twitter

Twitter

"@rihanna Chris Brown te bateu porque você não é bonita o suficiente. Ninguém quer ser seu namorado então você liga para todos e para as mães deles,  eu quase chamei meu novo cachorro de Rihanna", escreveu Bynes.

MAIS: Chris Brown e ex-namorada estariam morando juntos

Mas a cantora não quis nem saber das provocações da atriz, e momentos depois escreveu apenas: "Vocês viram o que acontece quando cancelam Intervention?".

Intervention quer dizer intervenção, e é o nome de uma série da emissora A&E que foi cancelada na semana passada depois de 13 temporadas. A série mostra casos de viciados em drogas e álcool que passam por intervenções de seus famílias.

Leve o E! Online Brasil no bolso! Baixe o aplicativo do E! na Apple Store, Google Play ou Blackberry App World

Mesmo que RiRi não tenha mencionado Bynes em sua mensagem, a atriz entendeu o recado e se irritou na hora de responder.

"@rihanna ao contrário de sua cara feia eu não uso drogas! Você precisa de uma intervenção cadela! Já vi sua cara feia, você não é bonita e sabe disso!", escreveu Amanda.

Até agora, a cantora não se deu ao trabalho de responder.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.