Rihanna, Topshop Tshirt

Topshop

Grife teria usado foto da estrela sem autorização

A TopShop é uma das marcas mais famosas e queridinha das it girls, mas mesmo assim entrou na lista negra de Rihanna. O motivo? A grife teria fabricado e comercializado camisetas com uma foto da cantora sem autorização.

"A imagem que foi usada da requerente (Rihanna) é tão desagradável que não tinha sido aprovada", diz uma dos documentos apresentados no tribunal em 2012, segundo o site do jornal Daily Mirror. Ainda de acordo com a publicação, Rihanna estaria irritada com a "baixa qualidade" da imagem e do produto final, o qual ela teria chamado de "resultado pobre".

LEIA MAIS: De fio dental, Rihanna mostra o bumbum

Rihanna e Ke$ha disputam adolescente

Apesar dos rumores de que a cantora teria pedido R$ 10 milhões como parte das vendas, o valor não aparece na papelada do processo e não há nenhuma menção de que o dono da grife, Philip Green, teria oferecido o valor como forma de compensar RiRi.

A TopShop teria entrado em contato com Rihanna, mas os representantes das partes envolvidas não chegaram a um acordo verbal. Agora, o processo segue no Supremo Tribunal.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.