Chris Brown, Rihanna

INFPhoto.com

Cantora apoiou o namorado

Rihanna provou que realmente perdoou Chris Brown por ter agredido-a fisicamente em 2009. Nessa quarta-feira, 6, a cantora o acompanhou até uma audiência de liberdade condicional, em Los Angeles, relacionada à agressão.

Brow foi chamado em audiência por causa de uma acusação dos promotores do caso, que alegam que o cantor não teria cumprido sua pena prestando as horas decretadas de serviço comunitário. Segundo fontes do site TMZ, RiRi chegou a mandar beijos para Chris e falar palavras de suporte ao cantor, antes dele entrar na corte.

Leve o E! no seu bolso! Baixe o aplicativo do E! Online Brasil na Apple Store, Google Play ou Blackberry App World

LEIA MAIS: Chris Brown diz que sua vida é um inferno

O juiz do caso marcou outra audiência no dia 5 de abril, alegando necessidade de mais tempo para analisar as provas apresentados pelo Ministério Público de Los Angeles e conversar com os oficiais de condicional de Chris, para saber se ele completou o trabalho comunitário ou não.

Chris Brown

AP Photo/David McNew, Pool

"Eu nunca vi algum cliente ser tão torturado como Chris Brown está sendo", relatou Geragos, o advogado de Brown, após a audiência. Geragos também falou sobre Rihanna: "Ela está apoiando-o completamente. Ela acredita que isso está sendo ridículo para ele".

Assim que o juiz deu o parecer do dia, dizendo que precisava de mais tempo para avaliar a situação do rapper, Chris Brown levantou imediatamente e foi ao encontro de Rihanna e sua mãe, Joyce Hawkins, que estavam sentadas atrás dele no tribunal. Veja o vídeo:

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.