Daniel Radcliffe

Prisma / Splash News

Ator falou sobre a carreira e seus fãs durante entrevista

É claro que Daniel Radcliffe será eternamente grato a seu papel de Harry Potter por todas as experiências vividas na franquia e pelas portas que ela abriu, mas mesmo depois do fim da saga do bruxo e de atuar em Equus, peça em que ele apareceu nu, December Boys e A Mulher de Preto, um filme de terror, ele ainda quer provar que pode ir muito além de Hogwarts.

"Eu ainda quero provar para todas as pessoas que pensaram que eu não conseguiria ir além de Potter quando consegui o papel, que elas estavam erradas", disse ele ao The Independent, citando seus trabalhos fora da franquia como "os primeiros passos do que será um longo processo", mas ele reconhece os créditos de Harry Potter em sua carreira: "Quaisquer oportunidades que eu tiver pelo resto da minha vida, 99% delas poderão ser ligadas ao fato de eu ter conseguido esse papel maravilhoso quando tinha 10 anos".

A Young Doctor's Notebook, Jon Hamm, Daniel Radcliffe

Colin Hutton/Sky Arts

Recentemente, o ator se envolveu com dois novos projetos, Horn mais um filme de terror para seu currículo –, em que viverá Ig Perrish, um garoto normal que de repente ganha chifres, e Young Doctor's Notebook, em que viverá a versão jovem de Jon Hamm. E confessou durante a entrevista que não pode se dar ao luxo de descansar agora, porque as pessoas estarão prestando atenção em todos os seus passos e ele "não pode estar inativo".

"Se eu posso ir além e planejar minha carreira para o futuro e por mais tempo, então qualquer outro jovem ator que vier depois de mim não terá que lidar com todas essas perguntas irritantes, porque se eu, Rupert Grint e Emma Watson conseguimos após a franquia de maior sucesso de todos os tempos, isso acaba com os argumentos", declarou o ator.

Daniel Radcliffe, Horns

AKM-GSI

Mesmo depois de 13 anos desde sua estreia como o bruxo – ele tem 23 agora –, Radcliffe ainda acha difícil lidar com a fama. "Eu nunca leio nada sobre mim, mas eu fazia isso aos 14 anos. Eu procurava meu nome no Google e obviamente tinha muita coisa legal, mas você não as vê, você só vê as pessoas que estão sendo cruéis".

"É realmente muito estranho, eles acham que me conhecem e que têm o direito de falar sobre mim desse jeito. É inacreditavelmente arrogante", continuou ele.

E embora Daniel tenha fãs realmente dedicados, ele teme que eles possam se desapontar se souberem como o ator é na vida real: "É bizarro quando você conhece as pessoas e elas realmente acham que te conhecem. Eu não me importo com isso (...), acho que as pessoas têm a imagem de que astros do cinema são muito legais e eu não sou, eu sou um geek. Sou obcecado por críquete, fico feliz sozinho, não sou o que as pessoas querem quando conhecem um ator".

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.