Paris Hilton

Dimitrios Kambouris/WireImage

Socialite ainda disse que os homossexuais são nojentos

Em áudio obtido pelo site RadarOnline, a socialite Paris Hilton, de 31 anos, foi flagrada dizendo que "a maioria de homens gays provavelmente tem AIDS".

A declaração foi registrada enquanto a loira estava em um taxi, no dia 7 de setembro em Nova York, durante a Semana de Moda da cidade. Paris festejava com um amigo assumidamente gay e os dois dividiam a corrida do táxi.

Durante a conversa, o amigo da socialite falou sobre um aplicativo para celulares chamado Grindr, desenvolvido para os gays encontrarem outros gays. "Imagine que eu estou logado no Grindr e de repente encontro alguém no mesmo local que eu. Ai eu mando ‘Ei, você quer transar?'", explicou o amigo.

Em choque, Paris responde: "Eww. Eca. Transar? Gays são as pessoas mais excitadas do mundo. Eles são nojentos. Cara, a maioria deles provavelmente tem AIDS... Eu ficaria muito assustada se eu fosse um homem gay. Iria tipo, morrer de AIDS".

O taxista que gravou a conversa ficou assustado com a reação da socialite: "Eu não acreditei que aquilo estava saindo da boca de Paris".

Representantes de Paris Hilton defenderam a loira na publicação: "O taxista gravou apenas parte da conversa. Não era sua intenção fazer qualquer comentário depreciativo sobre os gays. Paris Hilton é uma grande defensora da comunidade gay e nunca propositalmente faria qualquer declaração negativa sobre a orientação sexual de ninguém".

Que feio, Paris, que feio.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.