Michael Jackson, This Is It poster

Sony Pictures

Ação de R$35 milhões contra seguradora é retirada

Michael Jackson

A produtora AEG havia acionado o seguro alegando grande perda financeira pelo cancelamento da turnê This is It devido à morte repentina de Michael Jackson.

A turnê consistia em 50 shows, somente em Londres. Os advogados da AEG decidiram encerrar o caso, após receberam notificação de que estariam sendo processados por ocultar a real situação de saúde do astro pop, e encobrir seu problema com drogas.

Após a morte de Jackson, em junho de 2009, a companhia de seguros Lloyds, em Londres, abriu processo contra a AEG e contra a empresa do cantor - Michael Jackson LLC - alegando que eles teriam omitido deliberadamente informações sobre o estilo de vida e a condição física de Michael Jackson.

"Em troca da desistência do processo movido pela AEG, a seguradora também concorda em encerrar o caso, dispensando quaisquer custos", disse Paul Schrieffer, da Lloyds, à CNN. "O processo continua contra a Michael Jackson LLC por, entre outros, ter quebrado as cláusulas da apólice ao omitir o recorrente uso de drogas por Michael Jackson".

Pouco antes de morrer, Michael fazia uso regular de Propofol - anestésico administrado em hospitais - prescrito por seu médico particular Conrad Murray, que está preso por homicídio involuntário, em conexão com a morte do cantor.

Dr. Conrad Murray, Michael Jackson

AP Photo/Isaac Brekken; Pool Photographer/Getty Images

Um e-mail enviado internamente pelo presidente da AEG Live, Randy Phillips, prova que o produtor tomou conhecimento das condições reais de Michael Jackson no dia do anúncio da turnê This is It.

"MJ está trancado no quarto, bêbado e desanimado. Estou fazendo de tudo para deixá-lo sóbrio", escreveu em março de 2009, em um dos e-mails que vazou na internet. "Gritei tanto que as paredes estavam tremendo. Ele está paralisado emocionalmente. Um verdadeiro caos, cheio de dúvidas com o começo dos shows".

Outro e-mail do executivo da AEG Live, Paul Gongaware, para Randy, também levantava questionamentos sobre as habilidades de Michael para se apresentar.

"Não podemos ser forçados a parar o show, o que MJ vai tentar fazer já que é preguiçoso e muda de ideia constantemente para se adequar ao que ele quer", lia-se no email.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.