Tony Scott

Kevin Winter/Getty Images

5 filmes do diretor que você não pode perder

No começo desta semana, o diretor Tony Scott foi encontrado morto após pular de uma ponte em San Pedro, California, no domingo, 19.

O diretor deixou para trás um grande legado de sucessos de bilheteria que produziu nos últimos 30 anos, e, para homenageá-lo, reunimos aqui os cinco filmes essenciais que são parte da obra de Scott.

Top Gun

Paramount Pictures

Top Gun: O filme foi o responsável por lançar a carreira de Tom Cruise nas alturas, se tornou o filme mais popular e amado dirigido por Scott e inaugurou a era do cinema movido a testosterona no final dos anos 80. Top Gun gerou uma bilheteria mundial de US$353 milhões, e, segundo relatos, o diretor estava trabalhando em uma sequência do filme antes de falecer.

Beverly Hills Cop 2

Paramount Pictures

Um Tira da Pesada II: Scott conseguiu assumir com sucesso a tarefa de dar continuação ao filme estrelado por Eddie Murphy em 1984. O filme foi sua primeira comédia e alcançou a marca dos US$300 milhões.

True Romance

Warner Bros.

Amor à Queima Roupa (True Romance): Embora o filme de 1993 estrelado por Christian Slater e Patricia Arquette tenha sido um desapontamento na bilheteria – gerou apenas US$12 milhões – duas coisas são notáveis: uma crítica sobre a violência crua e um roteiro afiado feito por Quentin Tarantino, que lançou Pulp Fiction no ano seguinte.

Crimson Tide

Maré Vermelha (Crimson Tide): Scott superou o machismo militar de Top Gun com um submarino cheio de armas e Denzel Washignton em seu elenco. O resultado foram US$157 milhões de bilheteria e uma paranoia de guerra nuclear. O filme também foi a primeira parceria do diretor e Washington, que trabalharam depois em Man on Fire, Deja Vu, The Taking of Pelham 1, 2 e 3 e Unstoppable.

Enemy of the State

Inimigo do Estado: Em 1998, Will Smith estava no auge do sucesso depois de Independence Day e Homens de Preto, mas foi Scott quem aproveitou a atuação mais complexa do ator. O filme foi um dos que gerou as melhores críticas ao diretor.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.