Liberty Ross, Charlize Theron, Kristen Stewart

Dave M. Benett/Getty Images

Seu mundo foi virado de ponta cabeça quando descobriu que seu marido, Rupert Sanders, estava tendo um caso com a atriz Kristen Stewart.

E agora, Liberty Ross supostamente proibiu seu marido de voltar a trabalhar com a atriz de 23 anos.

O pai de dois filhos e diretor do filme Branca de Neve e o Caçador, faria a sequência do filme. Mas sua esposa parece não ter gostado da idéia e, como uma das exigências para que os dois continuassem casados, baniu o filme de qualquer plano profissional que o diretor venha a ter.

Liberty disse a Rupert que se ele quisesse salvar o casamento, ele não assinaria o contrato com o estúdio.

Uma fonte contou ao RadaOnline que "Eles estão tentando consertar as coisas desde que o affair dele foi descoberto, e esse é um dos pontos da reconciliação. Ela não quer que ele trabalhe com Kristen de novo".

"Rupert obviamente decepcionou a sua esposa já que Branca de Neve e o Caçador era sua estreia como diretor de cinema e eles esperavam que ele consolidasse sua carreira com a continuidade do filme. Mas ele sabe que suas atitudes foram imperdoáveis e terá que ceder ao pedido de Liberty", continua a fonte.

O cineasta de 41 anos fez um acordo verbal com a Universal, para dirigir  sequência do filme. Mas ainda não assinou o contrato...

E, como Kristen é a personagem principal, fontes revelam que o estúdio simplesmente "encontrará outro diretor".

Custou caro essa traição, não? Duas carreiras em ascensão, um casamento abalado e um relacionamento finalizado... Triste.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.