2012 Summer Olympics Logo

Mano Menezes não está contente com a atuação do time masculino de futebol em sua primeira partida olímpica contra o Egito.

As falhas defensivas, a falta de atenção e também o individualismo excessivo de Neymar explicam a complicação do Brasil que sofreu nos minutos finais para vencer a equipe Africana. O técnico abandonou o estádio cabisbaixo e refletindo sobre como solucionar uma série de contratempos que podem dificultar o caminho até o desejado ouro.

"Temos que trabalhar muito para corrigir todas essas falhas. Não quero entrar em detalhes, isto é algo que temos que solucionar entre nós. O que eu reconheço é que nossos atacantes deveriam prestar mais atenção nas tarefas defensivas. É fundamental colaborar com elas'', declarou o técnico sobre sua preparação para a partida do próximo domingo contra a Bielorrússia.

Apesar de fazer o terceiro gol do Canarinho e entusiasmar o público com seu repertório de dribles espetaculares, Neymar tem sido alvo de críticas sutis por parte da imprensa brasileira, e em alguns momentos pode-se notar que o atacante do Santos está mais preocupado em mostrar suas habilidades para os fãs do que o interesse geral da equipe.

No entanto, o jovem jogador se defende contra acusações, apelando para a consistência do seu jogo.

‘'Eu não quero me gabar, só jogo da forma que estou acostumado. Não entendo porque as pessoas falam tanto, mas estou tranquilo e continuarei sendo eu mesmo em campo. Não me deixo levar tão facilmente pelas críticas'', insistiu o jogador na coletiva de imprensa.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.