Danny Boyle

Steve Granitz/Getty Images

Dr. Frankenstein ficaria lisonjeado.

O cineasta Danny Boyle, criativo diretor da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de 2012, em Londres, segundo conta a Vogue (extraído do Huffington Post), pegou emprestado ideias do romance de Mary Shelley, Frankenstein, buscando inspirações para o evento.

"É um desafio, claro, porque pode se facilmente um espetáculo frio e imponente – mas, não necessariamente de coração - e nós queremos que a cerimônia tenha efeitos viscerais nas pessoas, para que seja uma experiência coletiva", disse o cineasta à revista.

"Terá muito de Frankenstein no show", diz Boyle. "Quero dizer, não vamos ressuscitar criaturas mortas, mas usaremos Frankenstein como referência para muitas outras idéias".

Ele espera que o local se pareça "mais como um caldeirão, com todas as pessoas pairando em torno do palco".

Boyle dirigiu e produziu Frankenstein para a Britain's National Theatre, ano passado.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.