Lady Gaga

Andrew H. Walker/Getty Images

Até mesmo grandes popstars podem ser rejeitados.

E foi exatamente o que aconteceu com a cantora Lady Gaga.

A estrela teve um visto negado!

Lady Gaga iria realizar um show em Jacarta, cidade na Indonésia, como parte de sua turnê Born This Way Ball no dia 3 de junho, mas teve o visto negado pela polícia local após birras de grupos islâmicos. 

Boy Rafli Amar, porta-voz da polícia de Jacarta, disse que a autorização da entrada de Gaga à cidade havia sido negada depois que muitos protestaram contra a imagem "sexualizada" da cantora, já que sua danças provocantes poderiam abalar a moral do país. 

A empresa que organizou o show, Big Daddy, já tinha vendido aproximadamente 52 mil ingressos. 

A Indonésia é o maior país muçulmano do mundo, com 240 milhões de devotos e grupos distintos, incluindo a organização Defensores Muçulmanos e a Fronte de Defensores Islâmicos (FPI),

que disseram "não tolerar" Gaga no país.

Eles até ameaçaram o governo para apoiar a decisão de impedir Gaga de descer de avião!

O presidente FPI, Salim Alatas, disse, "Não vamos deixar ela pôr os pés em nossa terra. É melhor não ousar a espalhar sua fé satânica neste país. Seu estilo é vulgar. E suas roupas sexuais e indecentes irão destruir o sentido de moralidade nas nossas crianças. Ela é muito perigosa".

Gaga já enfrentou protestos anteriormente, como em seu primeiro show em Seul, Coréia do Sul. A apresentação, na época, foi limitada a maiores de 18 anos.

Na Indonésia ela é literalmente a mãe monstro (termo usado por ela e seus fãs, Mother Monster).

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.