E! Upfront, Khloe Kardashian Odom

Larry Busacca/NBCU Photo Bank via Getty Images for E!

Depois de acusar Khloé Kardashian Odom de agressão física, a modelo travesti Chantal Spears – também conhecida como Ronald Spears – está disposta a deixar a acusação de lado se a Kardashian desembolsar US$150 mil por ter causado "ansiedade mental e emocional" a ela.

Nos documentos apresentados à corte em dezembro do ano passado, Spears alega que Khloé teria "a atacado e espancado violentamente seu corpo" em dezembro de 2009 do lado de fora de um clube em Hollywood Boulevard.

 

De acordo com o TMZ, Khloé alega que estava apenas se defendendo, e se opõe ao pedido dizendo que Chantal não especificou quais foram os danos, mesmo tendo sido perguntada várias vezes.

Anteriormente, Spears disse ao site que o ataque teria acontecido porque Khloé ficou com ciúme depois que ela se aproximou de Lamar Odom e disse que ele "era muito novo para estar casado".

Apesar da polícia ter ido até o local onde a briga ocorreu, nenhuma delas chegou a ser presa, mas Chantal teria dito que Khloé teria problemas pelo ocorrido.

O caso ainda está aberto esperando uma decisão do juiz.

Mas será que foi mesmo tão grave?

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.