Whitney Houston

Richard Young/startraksphoto.com

A pergunta de como Whitney Houston morreu foi finalmente respondida.

Afogamento acidental combinado com os efeitos de uma doença cardíaca aterosclerótica e com o uso de cocaína foi a causa do óbito da cantora que morreu aos 48 anos no dia 11 de fevereiro.

De acordo com o médico legista responsável, havia cocaína em seu sistema quando ela foi encontrada submersa na água na banheira de seu quarto no hotel Beverly Hilton.

E cocaína não foi tudo que o médico encontrou.

Havia também traços de maconha, Xanax (medicamento relaxante), Flexeril (relaxante muscular), e do anti-histamínico Benadryl, mas eles não contribuíram com a morte de Whitney.

O E! News já havia contado no mês passado que a morte tinha sido caracterizada como acidental por não existir evidências de atividade criminal ou trauma.

Espera-se que o relatório final fique pronto em até duas semanas.

"Estamos tristes por saber dos resultados toxicológicos, embora estejamos contentes por ter encerrado", disse Patricia Houston, cunhada de Whitney, ao E! News.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.