Brad Pitt, Jennifer Aniston

Gregg DeGuire/Getty Images

Brad Pitt contou que durante os anos 90 ele fumava maconha diariamente e chegou até se considerar um viciado.

"Chegou um ponto que o vício estava me consumindo como um mofo e acabei odiando", explicou. Em uma entrevista para a revista Parade, o galã revelou, "Coloquei na minha cabeça que precisava encontrar um filme sobre uma vida interessante, mas ao mesmo tempo eu não estava vivendo uma. Acho que meu casamento teve muito a ver com isso, tratar de fingir algo que não era".

Alguém lembra quem era a mulher de Brad naquela época? Sim... Jennifer Aniston. Ops.. Será que ele acabou de revelar o motivo exato da separação?

A luta de Jennifer Aniston pela legalização da maconha é conhecida. Ela já fez parte de uma campanha publicitária em que estrelava uma foto sua com a seguinte frase, "Gosto de fumar cannabis e não vejo problema algum com isso".

Enquanto Brad Pitt queria largar o hábito, Jennifer curtia plenamente. É provável que isso tenha sido o ponto de conflito. Nenhum dos dois deixou claro o motivo real do divórcio, mas a teoria mais famosa é que ele teria traído ela com Angelina Jolie durante as filmagens de Sr. e Sra. Smith.

Depois de ter dito que seu casamento não era o que parecia e que tinha uma vida pouco interessante, Pitt se arrependeu e disse, "Jen é muito amorosa, engraçada e continua sendo uma amiga. O que quis dizer é que eu mesmo não me sentia motivado".

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.