John Galliano Stripped of Top French Medal

AP Photo/Thibault Camus

Pois é... Essa história já daria um filme ou uma novela. Muito se falou, muitos nomes foram citados, mas até agora, na real, quem substitui Galliano ainda é Bill Gayten, seu ex-assistente, que tem até recebido boas críticas por suas coleções.

Depois de grandes nomes como: Hedi Slimane, Haider Ackermann, Riccardo Tisci e Marc Jacobs que segundo a imprensa internacional, quase fechou com a Dior, e deixaria um buraco enorme, dessa vez na Louis Vuitton, que também cogitou grandes nomes, agora para o lugar de Marc. Enfim, por hora, isso é passado.

Segundo o WWD, o gênio da vez é Raf Simons, que está por trás da Jil Sander desde 2005. Porém, Raf tem contrato por tempo indeterminado com a marca alemã, o que dificulta todo o tramite. E clarooooo, não teria tempo de produzir as próximas coleções que serão desfiladas em janeiro e março.

Simons também foi procurado pela YSL, que também não tem destino certo na sua direção criativa. Quem está no posto é Pilati, desde 2004 com a saída de Tom Ford. Seu contrato vence em março do próximo ano.

Agora... continuaremos esperando para ver onde definitivamente chegará essa dança das cadeiras.

Por Catarina Novaes, E! Fashion Blogger

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.