GQ Cover, Matt Damon

Ben Watts/GQ

Quem disso que o drama maior aconteceu nas telonas?

Em entrevista com a GQ, o astro do filme Matt Damon- que aparece deslumbrante na capa-, contou detalhes sobre o novo filme de seu personagem Jason Bourne.

Entre as revelações muito menos intrigante, o vencedor do Oscar não se conteve ao criticar roteirista de A Identidade Bourne,Tony Gilroy, ao afirmar que escreveu um script "constrangedor" e "ilegível".

"É realmente culpa do estúdio de se colocar nessa posição", disse Damon, depois de explicar que para o terceiro filme, O Ultimato Bourne, a Universal fez um acordo com Tony para ele escreve apenas um rascunho do roteiro em troca de uma grana alta.

"Eu não culpo Tony por ter aceitado o dinheiro e entregar o roteiro, o problema foi que ele estava ilegível. Esta é uma carreira complicada. Quero dizer, eu poderia colocar essa coisa no eBay, e seria game over para esse cara. É terrível. É realmente embaraçoso. Ele simplesmente pegou o dinheiro e saiu ."

É claro, Damon não demorou muito para repensar sobre suas declarações e voltar a ser Sr. Gente Boa. Ele entrou em contato com o escritor do artigo da GQ para esclarecer os seus comentários.

"Se eu não respeitasse e apreciasse seu talento, eu realmente não teria me importado", disse ele depois do comentário sobre o escritor, "Meus sentimentos foram feridos. Isso é tudo. E é exatamente por isso que eu não deveria ter dito nada".

"Isso é entre mim e ele, então não tenho nada dizer publicamente, eu fui estúpido e anti-profissional, mas acontece", declarou Matt.

Bem, achamos que Matt falou tudo. Temos certeza que Gilroy concordou com essa resposta!

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.