Kim Kardashian, Jonathan Cheban

Courtesy: Seth Browarnik/WorldRedEye.com

A estrela de Spin Crowd e melhor amigo de Kim Kardashian, Jonathan Cheban teria procurado um conselheiro legal para ajudá-lo a mover um processo de US$5 milhões contra Kris Humphries por difamação – depois que o jogador de basquete teria chamado-o de gay em uma gravação.

"Jonathan ficou ofendido. Ele não é gay e os comentários de Kris foram depreciativos, uma calunia contra ele que foi ao ar em um programa internacional. Tem potencial para causar sérios danos à reputação de Jonathan", disse uma fonte ao RadarOnline.com.

Acredita-se que Kris tenha feito o comentário ao descobrir que Jonathan nunca saiu com Kim desde que se conheceram, durante o vôo gravado para Kourtney & Kim Take New York.

"Tem uma grande briga entre Jonathan e Kris no episódio. Kris repete o insulto várias vezes, tanto que Jonathan para de falar com ele em um ponto da série", continuou a fonte, "Kris usa uma linguagem feia e homofóbica".

"O principal é que Jonathan não é gay. Isso só mostra como Kris foi ignorante e imaturo durante o casamento com Kim".

Dizem que Kris está considerando processar Kim pela cena, porque ele insiste que seguiu um roteiro e está preocupado com o dano que isso vai causar em sua reputação.

  • Share
  • Tweet
  • Share

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.