Khloé Kardashian reflete sobre seu plano de criar a filha sendo uma mãe branca

Quando se trata de discutir raça, a musa de KUWTK é inflexível em seu pensamento!

por Samantha Schnurr | Traduzido Por Sally Borges | 20 jul, 2021 17:12Tags
Recomendado para você: Khloé Kardashian reflete sobre seu plano de criar a filha sendo uma mãe branca

Embora ainda não tenha entendido tudo sobre a criação de sua filha, Khloé Kardashian tem a certeza de uma coisa: discutir a questão racial com seus herdeiros é fundamental.

Durante aparição no podcast Role Model de Leomie Anderson, a estrela de Keeping Up With the Kardashians refletiu sobre ser mãe branca para sua filha negra, além de suas esperanças para a pequena de 3 anos durante o crescimento.

"Estarei sempre aprendendo e tentando fazer o melhor que posso como mãe dela", disse a musa. "Mas obviamente não sou uma mulher de cor".

Parte disso será mostrar a True, fruto de seu relacionamento com Tristan Thompsona vida fora de seus muros fechados. "Eu quero que ela seja exposta ao máximo de inclusão, se possível. Eu não quero que ela viva em uma bolha de pensamento, você sabe – porque nós temos essa vida muito privilegiada e quero que ela conheça todos os tipos de vida e esteja muito ciente disso".

Khloé creditou a seu falecido pai, Robert Kardashian, por mostrar a ela e seus irmãos todas as realidades da vida. Quanto a discutir raça com a primogênita, isso é uma obrigação.

"Sei que algumas pessoas ficam desconfortáveis em falar com seus filhos sobre raça. Ou pensam: 'Oh, vivemos em uma bolha. Nunca precisamos dizer que meu filho é negro'. Quero dizer, é claro que você quer! Você só está os preparando para o fracasso se não falar sobre raça e provavelmente as coisas que eles vão suportar uma vez que viverem, entre as aspas, o 'mundo real'".

leia também
Khloé Kardashian comenta foto de Juliette Freire e fãs surtam na web

Embora Khloé seja uma iniciante quando se trata de ter essas discussões, ela observou: "A beleza de ter algumas de minhas irmãs na mesma situação é que provavelmente podemos ter essas conversas juntas".

"Tenho que educá-la da melhor maneira possível e, ao mesmo tempo, educar-me. É claro que não queremos expor demais nossos filhos ou contar-lhes coisas muito jovens e não sei quando será essa hora, mas acho que vou aprender quando estiver nisso".

Instagram / Khloe Kardashian

Não expor seus filhos às realidades raciais, de acordo com a estrela, seria um desserviço.

"Mesmo se você viver em uma bolha, seja quem for, eu acho que pode ser realmente chocante quando seus filhos forem libertados, eles ficarão devastados, feridos, traumatizados, confusos, oprimidos", explicou ela.

"Acho que é nosso deve como pais realmente expô-los enquanto eles têm a segurança de seus pais para, acho, comunicar isso a eles e ainda orientá-los e ajuda-los em vez de apenas deixá-los sair para o mundo livre e eles ficarem tipo, 'Espere, isso não é o que imaginei, eu não ouvi isso sobre isso, eu não fazia ideia de que isso era a vida real'".

E Khloé antecipou outro desafio quando se trata de cuidar de True: "Algo que eu já sei que terei problemas é deixá-la cometer os próprios erros. É assim que todos nós aprendemos na vida. Eu sei que ser mãe é uma jornada sem fim. Não é apenas quando eles têm 18 anos e você, simplesmente, os esquece... Você sempre será a mãe deles".