Ricky Martin se sentiu "violado" com pergunta de Barbara Walters sobre sua sexualidade

Ricky Martin, que é casado com Jwan Yosef, falou sobre o medo de se assumir gay no começo da fama.

por Kaitlin Reilly | Traduzido Por Guilherme Della Negra | 03 jun, 2021 17:09Tags
Recomendado para você: Ricky Martin se sentiu "violado" com pergunta de Barbara Walters sobre sua sexualidade

Ricky Martin tinha "medo" de se assumir um integrante da comunidade LGBTQIA+ no começo de sua carreira.

Em uma entrevista para a edição especial de Mês do Orguho LGBTQIA+ da People, o astro de American Crime Story falou sobre como foi ser questionado se era gay na televisão por Barbara Walters.

Na época, Ricky não tinha falado publicamente sobre sua sexualidade. Quando ele foi instigado por Barbara a acabar com os rumores de que ele era gay, ele inicialmente se recusou a responder e depois disse: "Eu não quero falar sobre isso".

Ricky se assumiu publicamente em 2012 e agora é casado com o artista Jwan Yosef, com quem ele tem quatro filhos. Porém, ele disse que se sente meio mal quando lembra da pergunta invasiva.

"Quando ela fez a pergunta, eu me senti violado porque eu não estava pronto para me assumir", disse o cantor de Livin' La Vida Loca para o site People. "Eu estava com muito medo".

leia também
Ricky Martin diz que gostaria que seus filhos fossem gays

Quando ele foi questionado sobre o que teria feito diferente se tivesse a chance de voltar no tempo, Martin admitiu que teria se assumido naquela entrevista.

Aaron Davidson/Telemundo

"Teria sido ótimo porque, quando eu me assumi, me senti muito bem", ele compartilhou. "Quando o assunto é a minha sexualidade, o que eu sou, eu quero falar sobre o que eu sou feito, tudo o que eu sou. Porque se você se esconde, se torna uma situação de vida ou morte".

Ricky já havia falado sobre como foi se assumir no passado, em uma conversa com Trevor Noah em 2018 para o The Daily Show. Ele explicou que foi preciso muita coragem para fazer isso.

"Eu estava cercado por amigos me dizendo: 'Não! Não se assuma ou isso vai acabar com a sua carreira'", relembrou ele. "Eram as pessoas que me amavam, pessoas que queriam o meu bem e eram vítimas de homofobia. Sabe, eu cresci nessa cultura onde eu sempre fui dito que meus sentimentos eram horríveis, que eles eram maldosos. E se além disso você adicionar o fato de que eu era um sex symbol".

No fim, Ricky decidiu dar as boas-vindas aos seus gêmeos, que hoje estão com 12 anos, Valentino e Matteo, via barriga de aluguel.

"Eu tive meus filhos e pensei: 'Tenho que me assumir'", explicou ele para Trevor na época. "Eu não queria mentir para aquelas lindas crianças". Fofo!

fotos
Ricky Martin no Brasil