Caio Castro e Rafa Kalimann são acusados de homofobia ao apoiarem pastor

Os artistas compartilharam um vídeo que mostra o religioso sendo contra casamento entre pessoas do mesmo sexo.

por Sally Borges 31 mai, 2021 13:59Tags
Recomendado para você: Caio Castro e Rafa Kalimann são acusados de homofobia ao apoiarem pastor

Caio Castro e Rafa Kalimann receberam uma chuva de críticas na noite de domingo, 30. Caio e Rafa compartilharam vídeo de um pastor que dizia não ser "a favor do relacionamento" entre pessoas do mesmo sexo.

"Eu vivi com um cara que era meu irmão, e ele era gay. Ele tinha situação [financeira] melhor que a minha. Eu usava o tênis dele, as roupas dele. Eu não tenho problema nenhum", fala o religioso Cláudio Duarte no Programa Raul Gil, do SBT.

"Eu tenho valores, não vou abrir mão deles. Se você me perguntar se eu acho certo, eu não acho. Mas isso não nos torna inimigos".

leia também
Karol Conká alfineta Rafa Kalimann em áudio vazado e web reage

Os internautas, claramente, criticaram os artistas pelo post do pastor nas redes sociais.

"Rafa Kalimann sendo Rafa Kalimann. Me choca? Não. Agora sinto lhe informar que se você não vê problema neste post dela, o problema está em você", escreveu uma.

"O quão prepotentes e podres são Rafa Kalimann e Caio Castro. É sempre o mesmo discurso para encobrir o mais puro chorume de ódio com ‘não sou a favor mas respeito'", disse outro. "Se respeitassem não estavam opinando sobre o que os outros fazem com sua própria vida. Por que é tão difícil de entender isso?".

Após toda a polêmica, ambos se manifestaram na web. Rafa, por sua vez, pediu desculpas.

"Quis vir aqui me desculpar por um vídeo que compartilhei nos stories. Meu intuito era repassar aquilo para aqueles que tratam mal os lgbt's por conta da religião, pra de uma vez por todas isso parar", iniciou a apresentadora.

"Sinto muito se ofendi, e se pareceu que eu discordo de relacionamentos homoafetivos (jamais!!!). Apaguei depois de ver que estavam levando como uma opinião minha, e está longe de ser. Muito pelo contrário".

Por fim, ela explicou que o vídeo foi enviado por um amigo em um grupo de conversa.

Caio também esclareceu seu ponto de vista na manhã desta segunda-feira, 31, e disse que respeita a opinião do pastor.

"Sobre casamento gay, sobre relacionamento gay, sobre qualquer ideia sobre relação homoafetiva, SOU A FAVOR SIM, sou a favor do amor entre as pessoas!", iniciou o ator.

"Mas existem pessoas que não são, existem pessoas que tem suas convicções e seus costumes diferentes! Mas precisamos respeitar, não precisamos e nem devemos aceitar! Mas precisamos respeitar! E o vídeo que eu compartilhei é sobre esse ponto de vista que o pastor está falando! Respeito, respeitar as pessoas independente de qualquer coisa!".

"Eu sou contra ele ser contra, mas eu respeito a opinião dele! Tudo começa no respeito", finalizou.