Kim Kardashian nega ter contraído Covid-19 em controversa viagem de aniversário

Depois da revelação em KUWTK, a estrela foi ao Twitter para resolver a polêmica.

por Ryan Gajewski | Traduzido Por Sally Borges | 28 mai, 2021 16:15Tags
Recomendado para você: Kim Kardashian nega ter contraído Covid-19 em controversa viagem de aniversário

Kim Kardashian está respondendo aos rumores sobre sua luta contra a Covid-19. Em episódio de Keeping Up With the Kardashians, exibido na quinta-feira, 27, os espectadores souberam que Kim e seus quatro filhos contraíram o vírus no primeiro semestre de 2020.

Isso levou a conta oficial do Buzzfeed News no Twitter a compartilhar um post sugerindo que a fundadora da SKIMS contraiu a doença ao celebrar seus 40 anos em uma ilha particular.

Em resposta ao tweet, de que o diagnóstico "veio logo após a infame festa de aniversário na ilha particular de Kim", a musa respondeu: "Falso. Ninguém pegou Covid na viagem".

A estrela continuou: "Saint foi o primeiro a ter em nossa família e ele pegou na escola, de outro aluno que testou positivo primeiro. Eu desenvolvi sintomas e peguei alguns dias depois que ele tossiu em mim enquanto cuidava dele".

leia também
Kim Kardashian responde rumores de que teria ficado com Travis Barker no passado

No início da noite, Kim falou sobre sua batalha contra a doença, durante a segunda tentativa do exame "Baby Bar", para os alunos do primeiro ano de Direito, detalhando que "quase desmaiou depois das quatro horas".

Em 26 de maio, o E! News compartilhou com exclusividade uma prévia de KUWTK, revelando que Kim não havia passado na prova em sua primeira vez.

Kim Kardashian/Instagram

Ela também adicionou no Twitter, quando o episódio foi ar, que "todos os quatro dos meus bebês e eu tivemos Covid!!! Pelo menos todos nós tivemos juntos e todos estão bem!".

Já em 27 de outubro, Kim postou fotos de sua viagem de aniversário tropical, recebendo reações imediatas devido à pandemia do coronavírus.

De acordo com o E! News, a musa levou 50 amigos íntimos e familiares para o local, depois de pedir a eles o teste de Covid-19 e quarentena de duas semanas.