Luisa Mell revela que está novamente com Covid-19

A ativista em defesa dos animais deu a notícia nesta sexta-feira, 30, no Instagram.

por Miriam Kaibara 30 abr, 2021 20:50Tags
Recomendado para você: Luisa Mell revela que está novamente com Covid-19

Luisa Mell, que foi diagnosticada com Covid-19 no ano passado, contraiu mais uma vez a doença. Nesta sexta-feira, 30, Luisa revelou a notícia aos seguidores no Instagram.

A ativista em defesa dos animais disse que inicialmente fez um teste rápido de farmácia que deu negativo, mas após se sentir mal decidiu realizar um PCR que teve resultado posivito para coronavírus. 

"Estou novamente com coronavírus. Ontem à noite não conseguia comer de maneira nenhuma. Fui até a farmácia e fiz o exame rápido de sangue. Resultado negativo. Mas eu comecei a me sentir muito cansada. Achei melhor fazer mais um exame. Desta vez o do cotonete. E o resultado foi positivo", iniciou ela.

leia também
Luisa Mell e marido testam positivo para coronavírus

"Hoje acordei mal... Gripe forte, cansada, dor no corpo, tosse... Vocês têm ideia do quanto esse teste de sangue na farmácia é perigoso? Eu lembro que quando foi liberado muitos especialistas criticaram. Dizendo que esses testes poderiam piorar a situação do Brasil. Pois é... O governo deixou estocado os testes seguros (até hoje não foi explicado) e liberou esse teste que nos induz ao erro".

A apresentadora ainda revelou que após o falso resultado negativo, cogitou visitar o enteado, mas antes decidiu fazer o exame PCR. "Agora, quantas pessoas fariam um segundo tipo de teste só porque estava sem apetite e cansada?!? Quantos têm condições de pagar mais um depois de gastar 100 reais?"

leia também
Larissa Manoela reage à polêmica com Luisa Mell sobre cachorra adotada

"O farmacêutico ainda me falou depois do exame de sangue, 'Você não está. Pode ter certeza. Acusaria algo'. Pois é, quantas pessoas não baixaram a guarda diante de um teste negativo da farmácia e contaminaram outras?", disse Luisa. "Bom... quem liberou estes testes devem ser aqueles que também defendiam a tese de imunidade de rebanho no começo da pandemia".

"Eu, Luisa Mell, agora sou prova viva que esta teoria é genocida. Que podemos nos reinfectar. E que testes de farmácia de sangue devem ser proibidos já! Alô, CPI, que tal investigar isto também? Por que liberarmos um teste que dá 50% de erro?!?"

Para finalizar, a ativista pediu orações: "Bom quanto a mim... peço que rezem por mim. Tá difícil amigos! Mas sairei desta".