Arthur sobre relação com Carla no BBB21: "Poderia ter dado o meu melhor"

Após eliminação, Arthur deu entrevista à Ana Maria Braga, no Mais Você. Confira!

por Miriam Kaibara 28 abr, 2021 14:11Tags
Recomendado para você: Arthur sobre relação com Carla no BBB21: "Poderia ter dado o meu melhor"

Arthur Picoli, eliminado do BBB21, nessa terça-feira, 27, deu entrevista ao Mais Você, com Ana Maria Braga. Na conversa, Arthur falou sobre suas atitudes com Carla Diaz dentro da casa

"Confesso que não era minha ideia entrar no programa para me relacionar, estava solteiro há bastante tempo. Fui pego de supresa também e foi muito bom", iniciou ele.

Após ver cenas em que vira o rosto quando Carla tenta beijá-lo, Ana pergunta: "Você não estava curtindo ficar com ela?"

"Todas as situações que aconteceram, ela brinca e me chama de chato e eu sacaneio ela falando do bigode porque eu tinha demorado muito para arruma-lo. Isso foi depois de uma discussão minha com o Gil e com a Sarah, então eu estava meio pilhado. E a parte do bafo de rabada eu falo de mim. Isso me incomoda. Aqui fora estou acostumado a ter um chiclete uma bala"

"E o nosso relacionamento, estava falando hoje mais cedo com minha mãe, acho que aqui fora a gente ia se dar muito bem pelo fato de levar as coisas na brincadeira. Às vezes um faz uma birrinha, uma pirraça, aí o outro ia atrás. Assim como eu fui também. Eu sou romântico sim, que manda flores, toca um violãozinho. Talvez ali eu não tenha mostrado minha melhor versão. Foi zero maldade, minha consciência está bem tranquila. Poderia sim ter dado o meu melhor com a Carla, porque ela é uma pessoa incrível e merece tudo de bom", admitiu. 

leia também
Carla Diaz sobre atitudes de Arthur: "Nenhuma mulher merece passar por isso"

Sobre as discussões com Carla, ele disse: "Eu não sou pavio curto. Não foi o nosso relacionamento que estragou o jogo. Acho que o jogo prejudicou o que a gente poderia ter tido de legal, ou pode ter ainda. Por conta de opiniões diferentes. Eu luto muito contra a minha impulsividade. Sou bem reativo, às vezes é bom dar uma respirada. Muitas vezes dentro do programa falei algumas coisas, e não fiz nada. Esse sou eu, eu não vou levantar a voz, principalmente se for com uma pessoa que eu gosto. Caso isso aconteça eu vou sofrer e chorar. A gente não erra porque quer. Às vezes a pressão do jogo e as circunstâncias levam a gente a essa questão. Não me sinto feliz pelas vezes que eu deixei faltar carinho ou paciência, não me sinto orgulhoso".

Ana então fala sobre o retorno de Carla após paredão falso, com direito a declaração de amor, e a reação de Arthur ao dizer, "Partiu".

"É uma coisa minha. Falei sim a questão do 'partiu', é o meu jeito. Pegar ela, levantar, abraçar e beijar, na minha opinião, claro, eu poderia ter feito mais porque ela merece mais, porém é o meu jeito de demonstrar carinho. Eu preciso aprender novas formas, a maneira para cada pessoa, minha mãe é diferente da minha irmã, que é diferente da Carla. Preciso aprender com meus erros essa falta de sensibilidade. Mas fui carinhoso da minha forma", afirmou.

leia também
BBB21: Mãe de Arthur acredita no romance do filho com Carla Diaz

"Você gostou dela ter voltado?", questionou Ana. "Gostei muito porque a gente tinha passado umas situações conturbadas dentro da casa. Ela voltar, fazer o que fez, me beijar, abraçar, me deu uma tranquilidade muito grande", disse o crosfiteiro.

Em seguida, Ana fala sobre o momento em que Arthur não vai até Carla após a atriz passar mal durante uma prova do líder. 

"Quando a gente entra no programa queremos dar o máximo nas provas, se dedicar, e fica sem noção nenhuma do que pode ou não fazer na prova. Quando estamos com medo do que possa acontecer com a gente, com as pessoas que a gente gosta, a gente quer sim ganhar e proteger as pessoas. A partir do momento que eu tô numa prova que eu não sei se a saída daquele 'bloquinho' me eliminaria, eu olho para frente e vejo que tem a Pocah, o Caio e a Juliette, que tinha acabado de perder a prova, e são pessoas que eu confio e amigos da Carla. Então eu fiquei tranquilo e falei, 'Pega o doce', porque o caso da Carla, hipoglicemia, falta de açúcar no sangue"

"Sei que eu poderia sim por uma questão de sensibilidade sair da prova e ir até ela, era uma parte correta. Mas ali no momento eu não pensei dessa forma. Foi uma visão talvez errada, a visão de todas as pessoas, eu me arrependo se isso foi errado. Porém, na hora foi como pensei e tentei ajudar dando conselhos para as pessoas, porque minha formação tem a questão do suporte básico de vida. Sabendo que tinham três pessoas para ajudar, fiquei mais tranquilo em poder continuar na prova", disse ele.

Outra cena mostrada a Arthur foi o momento em que ele diz que está interessado em conhecer as amigas de Viih Tube. "Estava sendo babaca", admitiu. "É o momento que às vezes você faz uma piadinha sem maldade e depois você vai sofrer as consequências".