Príncipe William lamenta a morte de seu "extraordinário" avô, Príncipe Philip

Após a morte do Duque de Edimburgo, na sexta-feira, 9, seu neto e futuro herdeiro do trono expressou publicamente sua tristeza.

por Samantha Schnurr | Traduzido Por Sally Borges | 12 abr, 2021 14:35Tags
Recomendado para você: Príncipe William lamenta a morte de seu "extraordinário" avô, Príncipe Philip

Príncipe William prestou uma linda homenagem ao seu avô, Príncipe Philip, que faleceu aos 99 anos. Nesta segunda-feira, 12, William emitiu um comunicado sobre a morte nas redes sociais.

O marido de longa data da Rainha Elizabeth II e o consorte mais antigo da história britânica morreu "pacificamente", na sexta-feira, 9, no Castelo de Windsor, de acordo com declaração do Palácio de Buckingham.

"A Família Real se une a pessoas de todo o mundo no luto por sua perda", dizia o informativo.

Entre eles, claro, estão William, Kate Middleton e seus filhos, que compartilharam um doce recado sobre o "extraordinário" avô de uma vida.

"O século de vida de meu avô foi definido pelo serviço – ao seu país e à Comunidade, à sua esposa e Rainha, e à nossa família", iniciava a mensagem. "Eu me sinto sortudo por não ter apenas o seu exemplo para me guiar, mas também a sua presença duradoura em minha vida adulta – tanto nos bons momentos quanto nos dias difíceis".

"Sempre serei grato por minha esposa ter tido tantos anos para conhecer o meu avô e pela gentileza que ele mostrou a ela. Eu nunca vou dar por garantidas as memórias especiais que meus filhos sempre terão de seu bisavô vindo buscá-los em sua carruagem e vendo por si mesmos seu contagiante senso de aventura, bem como seu malicioso senso de humor!".

leia também
Príncipe Philip disse que "não tinha desejo" de chegar aos 100 anos

William observou ainda que Philip era um "homem extraordinário" que fazia parte de uma geração extraordinária.

"Catherine e eu continuaremos a fazer o que ele teria desejado e apoiaremos a Rainha nos próximos anos", prometeu o monarca. "Vou sentir falta do meu avô, mas sei que ele gostaria que continuássemos com o trabalho".

A morte do Duque de Edimburgo também deve reunir Príncipe William e seu irmão mais novo, Príncipe Harry, já que é provável que este retorne à Inglaterra para o funeral.

Se o marido de Meghan Markle fizer a viagem, esta será a primeira vez que ele e o primogênito se encontrarão pessoalmente desde a entrevista polêmica à Oprah Winfrey.

Max Mumby/Pool/Indigo/Getty Images

Na entrevista, Harry falou abertamente sobre a decisão do casal de renunciar ao cargo de membro sênior da Família Real e a falta de apoio e compreensão que eles supostamente tiveram da instituição, bem como da imprensa britânica.

Ele também disse à Winfrey que William e seu pai, Príncipe Charles – ambos futuros reis –, estão "presos" dentro do sistema. "Eles não vão embora e eu tenho grande compaixão com isso", desabafou o monarca.

Apesar de quaisquer questões com os membros da Família Real, Harry revelou, em entrevista a James Corden no The Late Late Show, que ele manteve contato seus avôs virtualmente.

"Nós aumentamos o zoom algumas vezes. Eles viram Archie correndo por aí. Meu avô, em vez de pressionar ‘sair da reunião', ele simplesmente vai e fecha o laptop".

Saiba aqui o que Príncipe Charles falou sobre a morte de seu pai.