Segunda esposa revela áudio de Tom Veiga confirmando agressão e viúva rebate

É possível ver o intérprete de Louro José falando da briga com Cybelle para Alessandra Veiga. Saiba mais detalhes!

por Sally Borges 07 abr, 2021 21:27Tags
Recomendado para você: Segunda esposa revela áudio de Tom Veiga confirmando agressão e viúva rebate

Alessandra Veiga, segunda esposa de Tom Veiga - que morreu em novembro do ano passado -, revelou ao jornal Extra fotos e áudios que provam a agressão que o artista sofreu da terceira esposa, Cybelle Hermínio da Costa. Nesta quarta-feira, 7, Cybelle foi às redes sociais e se defendeu das acusações.

Nos cliques divulgados pelo veículo e que foram guardados por Alessandra, o intérprete de Louro José aparece com alguns hematomas pelo corpo.

"No dia 4 de outubro, depois de a gente se falar por vários motivos e assuntos, o Tom me abordou meio diferente e falou que nunca tinha me falado o motivo da separação dele dessa moça. Aí, ele me mandou as fotos da agressão e a partir dali os áudios. Disse que tinha muita vergonha, que estava se sentindo um lixo, se sentindo mal, à base de calmantes, com muita vergonha. Ele me contou, está nos áudios, que foi agredido depois de uma briga boba", relatou a segunda esposa do artista ao jornal.

O áudio exibe o ex-companheiro de Ana Maria Braga no Mais Você, da Globo, relatando a briga que acarretou na agressão. Ele conta que os dois discutiram por causa do filho de Cybelle querer comer dentro da piscina.

leia também
Família de Tom Veiga se manifesta sobre suposto pedido de exumação

Tom pediu para ficar "no seu canto" após a discussão para deixar "o ranço passar", mas a ex-esposa ficou agressiva. "Ela jogou a taça de vinho na parede e aí seguiu. Veio pra cima, me agarrou no pescoço, me jogou de costas no chão. Foi agressão mesmo, apanhei como não apanhei na minha mãe. [...] Alessandra, eu apanhei igual a um filho da put*", descreveu ele no áudio.

"Tom não tinha uma índole agressiva, ele nunca esperava por isso (suspira). Eu tive que ver tudo aquilo, ouvir tudo, tendo que ser parcial, porque eu não queria ficar dando minha opinião, não queria que ele se sentisse pior do que já estava. Ele disse que estava à base de calmantes e com muita vergonha. Eu fiquei chocada. De conhecer o Tom, do jeito que eu conhecia, e saber que ele estava passando por uma dessas", desabafou Alessandra.

Em sua defesa, Cybelle foi ao Instagram para contar a sua versão da história, ao lado de um advogado.

"Minha relação com Tom sempre foi muito carinhosa e amorosa. Nunca houve nenhum tipo de violência de nenhuma das partes. A gente tinha briga normal, como todo casal, mas nada que fugisse do controle. Sempre tive uma relação muito boa com os amigos. Me surpreende porque eu tenho mensagens deles, tenho arquivo de grupos que a gente participava juntos. Então, eu desconheço completamente essas coisas que estão sendo faladas".

Ela também disse que não houve uma separação oficial e que foi para a casa de sua mãe a fim de "respirar um pouco". "Nunca houve data de assinatura de divórcio", explicou. "Diante disso, de envenenamento... É um absurdo o que estão falando. Nunca houve nada disso. Desconheço completamente aquelas marcas e fotos que estão sendo circuladas nas mídias. Nunca houve nada disso, tanto que não tem B.O. registrado, não tem medida protetiva, não tem corpo de delito. Eu confio na lei, na Justiça e no laudo do IML".

Veja o relato na íntegra acima.