Família de Tom Veiga pede exumação do corpo após suspeita de envenenamento

Segundo Leo Dias, os familiares têm dúvidas quanto à morte do intérprete de Louro José, que fazia parte do Mais Você, da Globo.

por Sally Borges 06 abr, 2021 18:19Tags
Recomendado para você: Família de Tom Veiga pede exumação do corpo após suspeita de envenenamento

A morte repentina de Tom Veiga, intérprete de Louro José, tomou novos rumos nesta terça-feira, 6. Segundo Leo Dias, do jornal Metrópoles, a família de Tom está pedindo exumação do corpo após suspeita de envenenamento.

De acordo com o colunista, pessoas próximas ao artista dizem que os familiares acreditam que ele possa ter sido envenenado.

As fontes revelaram que Cybelle Hemínio da Costa Veiga, ex-mulher de Tom, teria conseguido que o amigo de Ana Maria Braga fizesse um testamento e a incluísse, tendo direito a uma pensão de 18 mil reais por um ano.

leia também
Ana Maria Braga revela sonho com Tom Veiga e leva Louro José ao Mais Você

Leo Dias informa ainda que o eterno intérprete de Louro José teria tentado retirar o nome da ex-esposa do inventário. Ele foi encontrado morto 20 dias depois.

Devido a esses detalhes, a família pensa na possibilidade de exumar o corpo e retirar Cybelle do testamento do artista, do qual 50% dos bens iriam para os quatro filhos e os outros 50% ficariam para a viúva, com quem ficou casado de janeiro a setembro de 2020.

O jornal Extra também publicou uma reportagem que revela que três dias antes de sua morte, o artista teria pedido a um amigo que fosse com ele até um cartório para testemunhar uma mudança no documento, ou seja, a retirada do nome da ex-mulher.

Além disso, Tom estaria preocupado com sua segurança e chegou a instalar câmeras de segurança na residência. 

"Quando perguntei, ele me disse que estava preocupado com a segurança dele. Insisti em saber o motivo, mas Tom mudou de assunto rapidamente", revelou a fonte.

Tom foi encontrado morto no dia 1º de novembro do ano passado em sua casa na Barra da Tijuca. Na época, a causa da morte foi dada como um acidente vascular cerebral.