Sarah sobre festas na pandemia: "Não peguei Covid porque Deus me ama"

Sister revoltou o público após dizer que estava indo em baladas em plena pandemia do coronavírus.

por Miriam Kaibara 18 mar, 2021 13:51Tags
Recomendado para você: Sarah sobre festas na pandemia: "Não peguei Covid porque Deus me ama"

Sarah Andrade, que afirmou gostar de Bolsonaro, revelou no BBB21 que frequentou baladas durante a pandemia do coronavírus. Em conversa com Arthur Picoli, na festa de Fiuk nessa quarta-feira, 17, Sarah disse que não pegou Covid-19 "porque Deus me ama". 

O assunto surgiu após os brothers começarem a falar sobre os vídeos que enviaram à produção no processo para entrar no programa. Sarah contou que enviou conteúdo de "cachaça, pegação, loucura e gritaria" e em um deles, estava em um hospital após se acidentar em uma balada.

"Mandei vários vídeos que não postaria no Instagram. Eu ralei o queixo, faltavam duas semanas para vir para o Rio para a Cadeira Elétrica [entrevista final do BBB]. Caí de bêbada, de cara no chão, e eu no hospital fazendo vídeo", disse ela.

leia também
Carla Diaz e Caio dizem estar sem paladar e web se preocupa com Covid-19

Os vídeos da sister geraram um questionamento da própria produção, que perguntou para a Sarah se a pandemia existia. 

"Quando eu fiz a entrevista, eles falaram pra mim, 'A pandemia não existe pra você? Ninguém tá morrendo pra você?' Eu disse, 'Uai, eu não tô sentindo nada'", disparou Sarah.

"Papai do céu abençoou muito. Eu tive uma vez", admitiu Arthur.

leia também
BBB21: Sarah diz que gosta de Bolsonaro e internautas pedem sua saída

Sobre o comportamento durante a pandemia, Arthur disse: "Quando eles falaram desse assunto comigo, eu, realmente, me segurei muito. Eu só ia na casa de aluno. Que eu tava convivendo no dia a dia".

"Posso falar? Eu não peguei Covid porque Deus me ama", respondeu Sarah.

Além de Sarah comentar sobre estar em uma festa em Barra de São Miguel, em Maceió, a loira também admitiu que curtiu festa no Réveillon. "Mas não postei nada, né. Tava perto de vir pra cá", disse ela.