Príncipe William diz que família real britânica não é racista

O duque de Cambridge quebrou o silêncio após entrevista de Meghan e Harry à Oprah Winfrey.

por Jess Cohen | Traduzido Por Miriam Kaibara | 11 mar, 2021 13:46Tags
Recomendado para você: Príncipe William diz que família real britânica não é racista

Príncipe William se pronunciou pela primeira vez após entrevista bombástica de Meghan Markle e Príncipe Harry à Oprah Winfrey. Nesta quinta-feira, 11, William negou que a família real seja racista.

Ao lado da esposa Kate Middleton, o príncipe visitou a School 21, em Stratford, em Londres, onde eles parabenizaram professores envolvidos na reabertura da escola, após o lockdown. Durante a saída, um repórter perguntou a William se ele falou com o irmão desde a entrevista com Oprah, na qual ele fez várias alegações contra a família real. 

"Eu não falei com ele ainda. Mas falarei", respondeu o duque de Cambridge.

E quando o jornalista questionou sobre a família real ser "racista", William a defendeu, dizendo: "Nós não somos uma família racista".

Na conversa com Oprah, que foi ao ar no dia 7 de março, Meghan e Harry falaram abertamente sobre o que os levou a deixar a realeza. Meghan também se abriu sobre a falta de apoio que sentia da família, e revelou que teve pensamentos suicidas em meio à intensa pressão da mídia.

leia também
Amiga de Meghan Markle diz que há provas de que Família Real sabia de seus problemas

Além disso, Meghan e Harry também revelaram que houve uma conversa sobre a cor da pele do filho Archie Harrison enquanto ela estava grávida.

Embora o casal não tenham compartilhado quem iniciou essas conversas com o Duque de Sussex, mais tarde Oprah esclareceu que não foram Rainha Elizabeth II ou Príncipe Philip.

Nessa terça-feira, 9, a Rainha quebrou o silêncio sobre a entrevista de Harry e Meghan. "A família inteira fica triste ao saber o quão desafiadores os últimos anos têm sido para Harry e Meghan", disse o Palácio de Buckingham em um comunicado em seu nome. "As questões levantadas, particularmente as sobre raça, são preocupantes. Embora algumas lembranças possam variar, elas são levadas muito a sério e serão tratadas pela família em particular. Harry, Meghan e Archie sempre serão membros muito queridos da família".

Joe Pugliese/Harpo Productions

Mais cedo nesse mesmo dia, Príncipe Charles foi questionado sobre a entrevista de Harry e Meghan enquanto deixava uma clínica de vacina contra o coronavírus em Londres. No entanto, ele não comentou sobre o assunto.

 

Amigos de Meghan Markle se pronunciam após acusação de assédio

Lindsay Roth

Em post no Instagram no dia 4 de março, a produtora e autora disse, "O modus operandi de Meg sempre foi a gentileza; a boa vontade corre em seus ossos. Eu sei que isso é verdade após 22 anos de uma amizade muito íntima. Eu vi em primeira mão como ela trata seus amigos, familiares e colegas".

"Se ela está dirigindo e você está no banco de passageiro, ela vai colocar o braço direito na sua frente, ao menor solavanco, em um gesto de amor para garantir sua segurança", Lindsay continuou. "Se você tem um objetivo específico, ela vai te ajudar a chegar lá, e suas paixões se tornam as dela em seu nome. Se você já teve o prazer de conhecer Meg, eu eu espero que mais de vocês tenham, você verá a amiga autruísta e magnânima que eu tenho a sorte de ter ao meu lado".

"Ela é engraçada. Tipo, daquelas que te fazem rir alto. E inteligente. Ela é mais do que apenas uma história de capa".

"Ela foi essa mulher quando éramos estudantes na Northwestern University; ela foi essa mulher quando passou seus dias em Los Angeles fazendo audições, ela foi essa mulher vivendo em Toronto como Rachel Zane em Suits; ela foi essa mulher antes de vocês saberem que ela estava namorando Harry; ela foi essa mulher quando se tornou a Duquesa de Sussex e ainda é—sem sombra de dúvida—essa mesma mulher hoje"

Janina Gavankar

"Eu conheço Meghan há 17 anos", tuitou a atriz que foi ao casamento de Meghan e Príncipe Harry"Aqui vai o que ela é: doce, forte, aberta. Aqui vai o que ela não é: 'uma assediadora'. QUALQUER um de nós que a conhece, se sente da mesma forma por ela ter quebrado o silêncio: Aliviados. A verdade vos libertará"

Jameela Jamil

"Então deixe-me dizer uma coisa", disse a estrela de The Good Place e conhecida de Meghan, no Twitter. "O Palácio estava bem com todas as 'intimidações' de Meghan por anos e anos até a alguns dias antes de temerem que ela falasse sobre eles publicamente. Parece uma reinvidicação legítima..."

Jameela adicionou, "SE ISSO É O QUE A FAMÍLIA REAL FICA CONFORTÁVEL EM FAZER PUBLICAMENTE A UMA MULHER GRÁVIDA.... nós podemos IMAGINAR o que eles a fizeram passar privadamente? Eles parecem terríveis. A entrevista dela nem foi ao ar ainda. O que eles estão escondendo? O fedor de seu desespero é podre".

Chrishell Stause

A estrela de Selling Sunset tuitou: "Minha timeline é bastante pró-Meghan Markle, o que eu amo. Mas eu vi alguns comentários em uma matéria de um site e foi quase chocante que as pessoas a odeiem tanto. Eu me preocupo com a sanidade das pessoas que podem atribuir tanto ódio a alguém que elas não conhecem". 

Jon Cowan

O escritor de Suits, escreveu: "Também é possível que a Duquesa de Sussex seja uma boa pessoa lançada em um mundo inimaginável. Tendo passado 3 anos trabalhando com ela em seus dias pré-Duquesa, eu vi uma pessoa calorosa, gentil e atenciosa. Não sei nada sobre sua situação atual, mas ela tem o benefício da dúvida em meu livro".

Angela Harvey

A escritora e produtora escreveu no Twitter: "Eu trabalhei em um set em Toronto quando Meghan estava em Suits. As equipes do meu programa que trabalharam com ela a amavam. AMAVAM. As dinâmicas do set são o que são... Eu não acredito nessa narrativa de intimidação nem por um microssegundo".

Chance the Rapper

"Vocês todos ficam MUITO furiosos cada vez que fazem insinuações exageradas sobre a Duquesa Meghan?", o artista tuitou.

Gabrielle Union

Em resposta à cobertura do The Times sobre as acusações de assédio contra Meghan, a estrela tuitou um meme dizendo de forma sarcástica: "Claro".