Meghan Markle apresenta queixa à emissora após insultos de jornalista

De acordo com vários veículos, a Duquesa de Sussex entrou com uma queixa formal à ITV após comentários de Piers Morgan.

por Elyse Dupre | Traduzido Por Sally Borges | 10 mar, 2021 17:04Tags
Recomendado para você: Meghan Markle apresenta queixa à emissora após insultos de jornalista

Meghan Markle apresentou uma reclamação formal ao ITV devido à polêmica opinião de Piers Morgan sobre a sua saúde mental, relatada na entrevista com Oprah Winfrey; conforme informou a CNN e a Variety.

"A CNN entende que a reclamação é sobre o impacto que os comentários de Morgan podem ter sobre os outros e como podem degradar a seriedade dos problemas de saúde mental", escreveu Max Foster, em artigo publicado nesta terça-feira, 10.

Ele observou que a reclamação da Duquesa de Sussex "não se relacionava com a natureza pessoal dos ataques de Morgan".

Não está totalmente claro como a alegada reclamação foi apresentada. Enquanto o The Guardian relatou que uma queixa formal foi emitida em nome de Meghan, a Variety afirmou que ela escreveu à executiva-chefe da ITV, Carolyn McCall. Por enquanto, a equipe da ITV e o casal real não comentaram o assunto.

Meghan não teria sido a única a registrar uma reclamação. De acordo com a ITV, a Ofcom, regulador de comunicações no Reino Unido, lançou uma investigação depois de receber mais de 41 mil reclamações sobre os comentários de Piers.

leia também
Beyoncé elogia Meghan Markle por sua "coragem" após entrevista

Durante a entrevista à Oprah, a Duquesa compartilhou que houve um ponto em que ela "não queria mais estar viva".

"Eu fui até a instituição e disse que precisava ir a algum lugar para buscar ajuda. Eu disse, 'Eu nunca me senti assim antes, e eu preciso ir a algum lugar'. E me disseram que eu não poderia, que não seria bom para a instituição". 

No episódio de segunda-feira, 8, do Good Morning Britain, Piers questionou o que Meghan disse. "Ok, de novo, vamos aos nomes. Quem você procurou? O que eles disseram a você? Desculpe, eu não acredito em uma palavra que Meghan Markle diz".

Shutterstock, Ken McKay/ITV/Shutterstock

A Mind, organização sobre saúde mental, criticou Piers, afirmando estar "desapontada e preocupada" com os comentários. Na quarta-feira, 9, Piers comentou o ocorrido no Good Morning Britain.

"Quando falamos sobre isso ontem, eu disse, como uma coisa abrangente, 'Eu não acredito no que Meghan Markle está dizendo geralmente nesta entrevista.' E ainda tenho sérias preocupações sobre a veracidade de muito do que ela disse", disse ele. "Mas deixe-me apenas deixar registrado sobre minha posição sobre doença mental e suicídio. Doença mental e suicídio - essas são coisas claramente extremamente sérias. Devem ser levadas muito a sério. E se alguém está se sentindo assim, deve obter o tratamento e a ajuda de que precisam sempre".

Neste mesmo dia, seu colega e apresentador de TV, Alex Beresford, o criticou por suas palavras, resultando na saída de Piers do set. Poucas horas depois, a ITV anunciou que Piers deixou oficialmente o Good Morning Britain

"Após discussões com a ITV, Piers Morgan decidiu que agora é a hora de deixar o Good Morning Britain", diz um comunicado da rede. "O ITV aceitou esta decisão e não tem mais nada a acrescentar".

Piers falou sobre sua saída em um tweet. "Na segunda-feira, eu disse que não acreditava em Meghan Markle em sua entrevista na Oprah", escreveu ele. "Tive tempo para refletir sobre essa opinião, e ainda não acredito. Se você acreditou, tudo bem. A liberdade de expressão é uma colina pela qual estou feliz de morrer. Obrigado por todo o amor e ódio, vou passar mais tempo com minhas opiniões".

Enquanto isso, o Palácio de Buckingham divulgou uma declaração em nome da Rainha Elizabeth II na terça-feira, 9.

"A família inteira fica triste ao saber o quanto os últimos anos foram desafiadores para Harry e Meghan. As questões levantadas, particularmente as de raça, são preocupantes. Embora algumas lembranças possam variar, elas são levadas muito a sério e serão tratadas pela família em particular. Harry, Meghan e Archie sempre serão membros muito amados da família".