Exclusivo

Por que Meghan Markle "se sente em paz" em contar sua verdade sobre a Família Real

Uma fonte próxima à Duquesa de Sussex revelou que ela está “aliviada por ter que falar sua verdade” com Oprah Winfrey.

por Lindsay Weinberg | Traduzido Por Sally Borges | 08 mar, 2021 22:35Tags
Meghan MarkleTim Rooke for Shutterstock

Meghan Markle explicou que a palavra "paz" descreve melhor seu novo estilo de vida com o Príncipe Harry na Califórnia. Depois de finalmente falar sobre a sua saída da Família Real à Oprah Winfrey, Meghan agora se sente ainda mais "em paz" com toda a situação, segundo fontes do E! News.

O informante exclusivamente revelou que "Meghan está aliviada por falar a verdade e finalmente compartilhar seu lado da história. Ela está muito orgulhosa de Harry por falar abertamente".

"Ainda há tensão dentro da família e eles estão cientes de que pode ser assim por um longo tempo. Meghan finalmente se sente em paz com Harry e está animada com seu futuro privado em Montecito".

O casal espera que a entrevista ajude a conscientizar sobre a importância da saúde mental, de acordo com a fonte.

O programa de duas horas transmitido no domingo, 7, apresentou o Duque e a Duquesa de Sussex em sua casa na área de Santa Bárbara, enquanto levavam Oprah para um passeio pelo galinheiro, apelidado de "Archie's Chick Inn".

leia também
Meghan Markle revela motivo do filho Archie não ter recebido título de príncipe

A dupla alegou que o pai de Harry, o Príncipe Charles, parou de atender suas ligações, foi cortada da assistência financeira e segurança, além das conversas nos bastidores sobre o tom de pele que Archie poderia nascer.

CBS

Harry e Meghan, que serão pais de uma menina, ouviram muitos de seus amigos apoiadores que assistiram ao especial da CBS, com a fonte comentando: "Todos estão orgulhosos e exultantes por eles".

Entre as que falaram publicamente para elogiar a ex-atriz de Suits estavam Serena Williams e Gabrielle Union.

No ar, Meghan também compartilhou que há dois anos, ela "não queria mais estar viva" devido às pressões de seus deveres reais e à falta de apoio.

A norte-americana de 39 anos disse que pediu ajuda ao estabelecimento real para enfrentar pensamentos suicidas. "Eu disse que 'nunca me senti assim antes e preciso ir a algum lugar'", contou ela a Oprah. "E me disseram que não poderia, que não seria bom para a instituição".

Max Mumby/Indigo/Getty Images

Meghan contou ao marido sobre suas lutas antes de irem ao Totem do Cirque du Soleil no Royal Albert Hall em janeiro de 2019, ao qual ela disse que precisava comparecer porque não queria ser "deixada sozinha".

O Palácio ainda não comentou as alegações do especial da CBS, embora Kate Middleton tenha feito uma aparição nesta segunda-feira, 8, para aplaudir uma remadora recordista no Dia Internacional da Mulher.

A Sussexes'Archewell Foundation também celebrou o Dia Internacional da Mulher com iniciativas de caridade.

A Luminary Bakery, que ajuda mulheres desfavorecidas a ganhar experiência profissional em Londres, escreveu em sua página do Instagram que enviou "um presente atencioso e saboroso" para o The Hubb Community Kitchen em nome de Meghan. Luminary a chamou de "campeã de ambas as organizações" e escreveu que sua fundação está "incentivando as pessoas a realizar atos de compaixão e reconhecimento pelas mulheres em suas vidas e comunidades" ao longo do mês.