Joe Alwyn e mais famosos apoiam Taylor Swift após polêmica com Ginny & Georgia

Depois que a cantora citou a piada “preguiçosa” da série sobre ela, o ator, Jameela Jamil e mais estrelas a apoiaram na web.

por Jess Cohen | Traduzido Por Sally Borges | 02 mar, 2021 14:37Tags
Recomendado para você: Joe Alwyn e mais famosos apoiam Taylor Swift após polêmica com Ginny & Georgia

Os amigos e o namorado de Taylor Swift demonstraram apoio a ela em meio à polêmica com Ginny & Georgia. Como os fãs sabem, a série exibiu uma fala da qual Taylor definiu "profundamente sexista".

Como os Swifties sabem, a nova atração da Netflix causou polêmica nas redes sociais depois de citar a vida amorosa da cantora. "Por que você se importa? Você troca de homem mais rápido que a Taylor Swift", dizia uma frase, levando Respect Taylor Swift aos assuntos mais citados do Twitter

Depois de se inteirar sobre a menção, a estrela foi às redes sociais na segunda-feira, 1º, para chamar atenção da série e do serviço de streaming. 

"Hey Ginny & Georgia, 2010 ligou e quer sua piada preguiçosa e profundamente sexista de volta", iniciou Taylor. "Que tal pararmos de degradar as mulheres que trabalham pesado ao definir essa merd* como algo engraçado".

"Além disso, @Netflix depois de Miss Americana esse tipo de coisa não fica legal em você. Feliz Mês da História da Mulher, eu acho".

leia também
Taylor Swift cancela shows no Brasil e restante da 'Lover Fest'

Embora o programa e a Netflix tenham respondido formalmente a Swift, ela está recebendo muito apoio dos admiradores e das estrelas, como Jameela Jamil e seu namorado de longa data, Joe Alwyn.

O ator, que começou sua história de amor com Swift no final de 2016, acessou o Twitter pela primeira vez em 2021 para "curtir" o tweet da loira.

Enquanto isso, Jamil, que deu a Swift o prêmio Mulher da Década da Billboard em 2019, republicou sua mensagem com a legenda, "Amor".

Beth Garrabrant

A cantora Ashe respondeu ao tweet de Swift com um "Porr*. Sim", enquanto a olímpica Abby Wambach escreveu "Ela disse isso", junto com emojis batendo palmas.

Esta não é a primeira vez que Swift, de 31 anos, se defende publicamente. Ela, na verdade, vem reclamando dos padrões sexistas há anos.

"Eu acho que com toda história de celebridade tem que haver um ‘Sim, mas...'", disse a estrela à Esquire, em 2014. "Veja Beyoncé: Ela é incrivelmente talentosa, linda, modelo perfeito para meninas, empoderando mulheres em todo o mundo. - Sim, mas... vamos tentar criticar o casamento dela. Acho que toda celebridade tem isso, e predominantemente mulheres, infelizmente".

"Eu namoraria alguém, descobriria que não éramos compatíveis ou descobriria que não deu certo e então terminaríamos. Isso parece uma coisa muito normal para um jovem de 20 e poucos anos fazer, e esse é o meu maior escândalo".