Passeador de Cães de Lady Gaga quebra silêncio após ser roubado e baleado

Menos de uma semana depois do incidente, Ryan Fischer falou sobre como sobreviveu ao incidente e sua recuperação.

por Samantha Schnurr | Traduzido Por Sally Borges | 01 mar, 2021 18:39Tags
Recomendado para você: Passeador de cães de Lady Gaga quebra silêncio após ser roubado e baleado

Ryan Fischer, o passeador de cães de Lady Gaga, quebrou o silêncio. Ryan falou sobre o incidente que quase tirou sua vida, envolveu os já resgatados buldogues de Gaga, na semana passada.

Como os fãs sabe, ele foi baleado na quarta-feira, 24, enquanto caminhava com os cachorros da estrela do pop. Dois dos três cães, Koji e Gustav, foram roubados; mas dias depois, foram encontrados e devolvidos em segurança.

"4 dias atrás, enquanto um carro acelerava e sangue derramava do meu ferimento por arma de fogo, um anjo pousou e se deitou ao meu lado", escreveu Fischer nesta segunda-feira, 1º, no Instagram. "Meus gritos de pânico se acalmaram enquanto eu olhava para ela, embora registrasse que o sangue acumulado ao redor de seu corpo minúsculo era meu. Eu agarrei Asia o melhor que pude, agradeci por todas as aventuras incríveis que passamos juntos, pedi desculpas por não ter defendido seus irmãos, e então resolvi que ainda tentaria salvá-los... e a mim mesmo".

"Esperançoso de que meus apelos calmos (queria) e enérgicos para a urgência de meus cuidados, bem como as descrições específicas dos cães seriam suficientes para me ajudar e obter atenção da polícia e da mídia o suficiente para encontrar os meninos, olhei para trás, para meu anjo da guarda. Sorri para sua forma trêmula, agradecido por pelo menos ela ficar bem. A partir daquele momento, assim que os vizinhos saíram de suas casas e do restaurante para nós na calçada, a vida mudou muito repentinamente e aconteceu uma virada inesperada".

leia também
Cachorros de Lady Gaga são recuperados dois dias após roubo

Além de suas longas declarações nas redes sociais, ele também compartilhou duas fotos de si mesmo em uma cama de hospital, uma com tubos enganchados em sua boca. "Ainda estou em recuperação de uma situação muito difícil com a morte e evitei (na maior parte, quero dizer, sou humano) a crescente história da mídia", disse ele em um segundo post.

"Escreverei e direi mais tarde, mas a gratidão por todo o amor que sinto em todo o planeta é imensa e intensa. Senti seu apoio de cura! Obrigado. Sinto-me honrado e grato que a atenção e o foco da polícia foram suficientes para trazer Koji e Gustav de volta à segurança, e eu sei que eles estão comprometidos em levar esses criminosos e tentadores de assassinato à Justiça. Agradeço muito tudo o que vocês continuam a fazer".

Fischer também expressou sua gratidão aos amigos, familiares, clientes e equipe médica por ajudá-lo a sobreviver e passar pela hospitalização. "Primeiros socorros e profissionais de saúde: vocês literalmente salvaram minha vida e me ajudaram a fazer caminhadas recém-nascidas, não consigo agradecer o suficiente. E para Eliseu, minha família em Haüs e @ladygaga: seus bebês estão de volta e a família está inteira... nós conseguimos! Você demonstrou tanto apoio durante toda esta crise tanto para mim quanto para minha família. Mas seu apoio como amiga, apesar de sua própria perda traumática de seus filhos, foi inabalável. Eu te amo e obrigado".

Agora, a recuperação de Fischer continua e uma reunião com os amados cachorros de Gaga o aguarda. "Muita cura ainda precisa acontecer", disse ele. "Mas estou ansioso para o futuro e o momento em que serei bombardeado com beijos e lambidas (e talvez até um xixi de excitação?) Da Ásia, Koji e Gustav".